Novidade

Novo mobiliário urbano instalado nas praças de Curitiba chama atenção

estacoes de bike curitiba
Foto: José Fernando Ogura / SMCS.

A instalação de cinco novas estações de bikes compartilhadas teve início nesta semana em Curitiba. O mobiliário que irá abrigar os equipamentos chegou nesta terça-feira (20) e começou a ser instalado nas praças Tiradentes, Zacarias, Carlos Gomes e Osório e na Rua Visconde do Rio Branco. Nas próximas semanas, novas estações serão instaladas, até chegarem a 50.

O trabalho de instalação é feito pela Tembici, empresa líder em micromobilidade na América Latina que participou do chamamento público para a implantação do novo sistema de compartilhamento de bicicletas na capital.

LEIA TAMBÉM:

>> Caminhão-tanque pega fogo e interdita BR-277 em Balsa Nova

>> Família decide doar órgãos de estudante vítima de atirador em Cambé

Essa é a primeira fase de implantação. De acordo com a empresa responsável, a previsão é que o serviço de locação das bicicletas esteja disponível para a população no início do segundo semestre.

O serviço estará disponível nos principais eixos cicloviários da cidade. Atualmente, Curitiba conta com 261,9 quilômetros, entre ciclovias, ciclofaixas em vias e calçadas, ciclorrotas e passeios compartilhados entre pedestres e ciclistas.

Implantação

A Tembici foi a primeira a apresentar proposta no chamamento público realizado pela Prefeitura que abrangia a implantação, instalação, manutenção e operação do sistema de bikes compartilhadas.

Segundo a empresa, a implantação ocorre em etapas, que compreendem instalações elétricas, mobiliário, painel publicitário e, por último, as bikes compartilhadas.

Todo o processo é acompanhado por técnicos da Superintendência de Trânsito e do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc).

Como vai funcionar

A operação em Curitiba contará com 50 estações e 500 bicicletas, tanto em modelos convencionais como com pedal assistido, também conhecidas como bicicletas elétricas. O sistema de compartilhamento de bikes com estação funcionará 24 horas todos os dias, permitindo o acesso a informações, o cadastramento de usuários, além da retirada e devolução das bicicletas de forma ininterrupta.

O sistema de compartilhamento de bikes com estação é acompanhado de soluções tecnológicas para permitir o acesso a informações, o cadastramento de usuários, retirada e devolução das bikes de forma digital. Para que possam utilizar as bicicletas, os usuários terão que fazer um cadastro e adquirir um plano pelo aplicativo de celular que será disponibilizado pela Tembici.

A empresa oferecerá assinaturas variadas, como viagem única, plano lazer, plano mensal e plano anual, para contemplar usuários eventuais e habituais. Os preços ainda estão sendo definidos pela empresa.

Após o uso, a bike precisará ser devolvida obrigatoriamente em uma das estações.

Bruno Mars em Curitiba! E não será apenas um show! Preços e ingressos!
Ô Yeah yeahhhh!

Bruno Mars em Curitiba! E não será apenas um show! Preços e ingressos!

Por que a gasolina em Curitiba é mais cara que o resto do Paraná??
Respondido!

Por que a gasolina em Curitiba é mais cara que o resto do Paraná??

Curitibano foi longe demais?? Você provaria esse crepes de pinhão?
Inusitado!

Curitibano foi longe demais?? Você provaria esse crepes de pinhão?

Whatsapp da Tribuna do Paraná
RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba as notícias do seu bairro e do seu time pelo WhatsApp.



Voltar ao topo