Assassino confesso do jogador Daniel Corrêa, Edison Brittes, também conhecido como “Juninho Riqueza”, gravou um vídeo que foi divulgado nesta segunda-feira (19). Nas imagens, feitas no Centro de Triagem 1 (CT1) – para onde foi transferido após sua prisão, ocorrida desde o dia 1º deste mês – Edison aparece sem nenhum tipo de machucado em seu rosto e diz que não apanhou e não foi ameaçado dentro da carceragem.

+ FIM DO INQUÉRITO: Delegado indicia família Brittes mais cinco por morte de jogador Daniel

“Eu estou detido aqui no CT1, Centro de Triagem, e quero deixar bem claro para quem está vendo este vídeo que eu estou bem, não sofri nenhum tipo de ameaça e agressão”, disse Edison. As declarações desmentem os boatos que circularam na semana passada, que afirmavam que ele teria sido espancado por outros presos.

+ Leia mais: Corpo de adolescente desaparecido é achado 10 km de distância de onde sumiu

Ainda na última quinta-feira (15) a assessoria da Polícia Civil e a defesa de Edison, por meio de seu advogado Cláudio Dalledone Júnior,  já haviam divulgado notas que esclareciam que as informações sobre a possível surra sofrida por “Juninho Riqueza” não passavam de “fake news”.

Caso Daniel

O jogador Daniel Correa Freitas foi morto na manhã do dia 27 de outubro. No dia 26, ele esteve na casa noturna Shed, em Curitiba, comemorando o aniversário de 18 anos da  jovem Allana Emilly Brittes. Após a festa, os pais de Allana, Edison Luiz Brittes Júnior e Cristiana Rodrigues Brittes e vários amigos da jovem, entre eles o ex-jogador do Coxa Daniel, estenderam a comemoração para a casa da família Brittes, em São José dos Pinhais.

Leia mais! PRF flagra motociclista voando bairro neste feriadão no Paraná

Neste “after”, continuaram a beber, ouvir música e dançar. Em um determinado momento, Edison saiu para comprar mais bebidas e, quando voltou, segundo sua defesa, matou o jogador após ele ter presenciado Daniel tentando estuprar Cristiana. Versão não confirmada pela polícia e que apresenta várias contradições. No total, Edison, Alana, Cristiana e outros quatro jovens seguem presos temporariamente, investigados pelo envolvimento no crime.

Além da morte de Daniel, um inquérito ainda deve ser aberto para investigar outros possíveis crimes de Edison Brittes.

Veja o vídeo gravado por “Juninho Riqueza”

 

+ Confira o desenrolar dos acontecimentos:

Sábado (27): Ex-jogador do Coritiba é encontrado morto em São José dos Pinhais

Quarta (31): Corpo de Daniel é velado em Minas Gerais

Quarta (31): Daniel foi espancado antes de ser morto, diz testemunha

Quinta (1): Suspeito de matar ex-jogador é preso, junto com esposa e filha

Sexta (2):  Perícia na casa onde ex-jogador foi agredido antes de ser morto pode revelar detalhes do crime

Sexta (2): Conversas de Whatsapp apontam que filha de suspeito fez contato com família de jogador

Sábado (3): Saiba em que condições está presa a família Brittes, acusada da morte do jogador Daniel

Segunda-feira (5): Rapazes que testemunharam morte do ex-jogador Daniel devem depor nesta semana

Segunda-feira (5): Cris e Allana Brittes prestam depoimento sobre morte de Daniel. Caso tem novidades!

Terça-feira (6): “A família está mentindo”, diz delegado após depoimento de mãe e filha

Terça-feira (6): Mãe e filha contam detalhes sobre a morte de Daniel em depoimentos; leia na íntegra!

Terça-feira (6): Novos depoimentos desmentem estupro do jogador Daniel

Quarta-feira (7): ‘Daniel foi assassinado com requintes de crueldade’, diz promotor

Quarta-feira (7): Celular de Cris Brittes é entregue à polícia

Quarta-feira (7): Veja o que Edison Brittes disse à polícia em depoimento nesta quarta

Quinta-feira (8): Dois suspeitos de ajudarem Edison Brittes nas agressões contra jogador se apresentam

Quinta-feira (8): Cris e Allana Brittes são transferidas para presídio feminino em Piraquara

Sexta-feira (09): Moto ostentada por Brittes era de traficante, diz delegado

Sábado (10): Família Riqueza: festa de aniversário de Allana Brittes custou R$ 30 mil

Domingo (11): Celular usado por Edison Brittes para dar pêsames é de um homem morto

Domingo (11): Imagens mostram Edison Brittes combinando mentira sobre morte de jogador Daniel

Segunda-feira (12): O que ainda não foi respondido sobre a morte do jogador Daniel

Terça-feira (13): Mãe do jogador Daniel registrou mentiras contadas por Allana em cartório

Quarta-feira (14): Envolvido na morte do ex-jogador Daniel tem contrato rescindido com o Paraná Clube

Quinta-feira (15): Legítima defesa? Entenda os detalhes jurídicos envolvendo o ‘Caso Brittes’

Quinta-feira (15): preso 7º envolvido na morte do jogador Daniel

Sexta-feira (16): Edison proibiu testemunha de chamar ambulância que poderia salvar jogador 

Segunda-feira (19): Carro utilizado por Edison pra levar jogador até o local de crime está em nome de policial

Segunda-feira (19): Não sou amigo da família Brittes, diz Recalcatti à imprensa

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Ministério Público abre investigação paralela contra Edison Brittes