Enquete

Trajano “hells”? Vida noturna e bebedeira no São Francisco geram polêmica. Opine!

Foto: Aniele Nascimento / arquivo Gazeta do Povo.

O Centro de Curitiba virou alvo de mais uma polêmica. O consumo de bebidas alcóolicas pelas ruas tem dividido opiniões, apesar de ser uma prática bem comum na cidade, especificamente na Rua Trajano Reis, no bairro São Francisco, região do Centro Histórico da Capital.

Alguns moradores do bairro não estão contentes com essa prática, principalmente quando há situações envolvendo muito barulho durante a madrugada, brigas, aglomeração nas calçadas e tráfico de drogas.

LEIA TAMBÉM:

>> Rua de bairro de Curitiba vira rio com forte temporal; Vídeo!

>> Jair Bolsonaro morador de Colombo? Você quer ter o ex-presidente como vizinho?

Toda a questão virou pauta e foi debatida pelos vereadores na sessão plenária de quarta-feira (25) da Câmara Municipal de Curitiba (CMC). O tema foi levantado por Eder Borges (PP), que sugeriu proibir o consumo de bebidas alcoólicas fora dos bares. A sugestão foi aprovada pelo Plenário.

De acordo com Borges, são constantes as denúncias e queixas de moradores do São Francisco. “Todos sabem que eu sou um entusiasta do comércio noturno, da vida noturna na cidade, isso traz inclusive segurança para a cidade, na maior parte das vezes, mas não é o caso ali do São Francisco, muito especificamente ali na Trajano Reis, ali é um antro de drogadição, de promiscuidade, de muitas brigas, de muito barulho.”

O vereador também acrescentou que por conta dos problemas, a rua Trajano Reis recebeu o apelido de ‘Trajano Hells”, trocadilho com a palavra inferno em inglês. Para ele, o poder público poderia adotar medidas como limitar o horário de funcionamento noturno dos estabelecimento comerciais.

Mesmo problema do Shopping Hauer?

Uma situação parecida já aconteceu com outro ponto ‘badalado’ de Curitiba. Após as diversas reclamações de violência, tráfico de drogas e bagunça, os bares e restaurantes do Shopping Hauer, no bairro Batel, fecharam as portas em 2021.

Essa situação foi lembrada por Alexandre Leprevost (Solidariedade) que argumentou que as forças de segurança e o poder público devem encontrar uma solução competente para resolver o problema da Trajano Reis.

Quem também falou sobre o assunto durante o debate foi o vereador Dalton Borba (PDT). Ele afirmou que o tráfico de drogas é um problema social e público, portanto, a solução precisa partir do poder público e não dos empresários que possuem estabelecimentos na região.

“O artigo 170 da Constituição fala exatamente da proteção da livre iniciativa para ele exercer o comércio. Se uma pessoa entra num comércio qualquer, ingere álcool e sai fazendo besteira, a responsabilidade não pode ser do comerciante”, afirmou Borba durante a sessão.

E qual é a sua opinião sobre o movimento noturno na rua Trajano Reis? Vote na enquete!

Avenida importante de Curitiba vive impasse! Qual é a melhor solução?
Vote na enquete!

Avenida importante de Curitiba vive impasse! Qual é a melhor solução?

Empresário de Curitiba conquista todos com esse veículo famoso na Índia
Amarelo simpático!

Empresário de Curitiba conquista todos com esse veículo famoso na Índia

Rapazes têm dia digno de
VÍDEO

Rapazes têm dia digno de “Superhomem” em Curitiba; O que eles fizeram foi INCRÍVEL!!!

Whatsapp da Tribuna do Paraná
RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba as notícias do seu bairro e do seu time pelo WhatsApp.