A Operação Verão começou no Litoral do Paraná no último sábado (21), mas são os últimos dias de dezembro que concentram o maior movimento de pessoas nas praias paranaenses. De acordo com a Polícia Militar (PM), com as festividades de ano-novo, a expectativa é que Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná recebam mais de 1,5 milhão de turistas, número maior do que o do ano passado — normalmente os três municípios têm, somados, pouco mais de 90 mil habitantes.

Com tanta gente e, para somar, com a previsão de um verão com temperaturas elevadas e chuvas dentro da média, os comerciantes da região estão repletos de boas expectativas por causa dessa explosão populacional.

+ Leia mais: Vai pra Guaratuba de ônibus, van ou trailer? Se prepare pra “facada” no seu bolso

Segundo a Associação de Hotéis, Pousadas, Restaurantes, Bares, Casas Noturnas e Similares do Litoral Paranaense (Assindilitoral), a Virada de 2019 para 2020 promete de ser de bastante trabalho e retorno financeiro. Ainda mais com a data festiva caindo no meio da semana. Para a Assindilitoral, isso faz com que o os visitantes estiquem a permanência nas praias. O período mínimo esperado é de nove dias de permanência intensa de turistas em Antonina, Guaraqueçaba, Guaratuba, Matinhos, Morretes, Paranaguá e Pontal do Paraná.

“Já tem bastante gente na praia, mas o movimento deve aumentar mesmo a partir de agora. Como o Ano-Novo cai em uma quarta-feira, muitas empresas ofereceram folga prolongada ou férias coletivas para seus funcionários. Assim, teremos turistas no litoral, neste ‘feriadão’, do dia 28 de dezembro ao dia 5 de janeiro”, explica Carlos Adalberto Freire, presidente da Assindilitoral.

Outros fatores ainda devem ajudar a atrair mais turistas para as praias do Paraná. “Temos praias limpas, comerciantes preparados, boas opções de hotéis, pousadas, restaurantes e outros comércios. E não é só isto, este ano com o dólar alto, vazamento de óleo nas praias do Nordeste, economia em dificuldades e redução do valor do pedágio nas rodovias que fazem a ligação até aqui, mais gente acabará vindo para o Sul do país, incluindo o Litoral do Paraná”, ressalta Freire, que aponta um crescimento de cerca de 30% no comércio geral nas cidades do Litoral. “Muitos das pousadas e casas já foram alugadas, mas até o fim desta semana ainda dá para encontrar um lugar para ficar”, diz.

++ Leia também: Litoral do Paraná terá shows gratuitos com Michel Teló, Jerry Smith e outros famosos

Segurança pública

Policiamento reforçado no Litoral. Foto: PMPR

A PM informou que o efetivo da Operação Verão será ampliado na segunda-feira (30), especialmente pensando no ano-novo. De acordo com o major Luciano José Ribeiro Romão, subcomandante da Operação, os policiais vêm sendo preparados para atuar nas praias desde o último dia 16 de dezembro. “Criamos um padrão de treinamento para que o tratamento dos policiais possa ser igualitário no Litoral. O efetivo será ampliado no dia 30, mas desde o dia 20 a PM está presente nas praias, antecipando estratégias para atuar de forma preventiva, evitando ações de pessoas mal intencionadas. Esse também é um dos motivos para as pessoas confiarem na segurança pública e permanecerem no Litoral por mais tempo”, apontou Romão.

De acordo com o primeiro balanço da operação, divulgado ontem, nenhum homicídio foi registrado no litoral desde o dia 20 e todos os tipos de ocorrências diminuíram se comparadas com os registros de 2018.

+++ Não deixe de ler: Helicóptero da PM faz 13 resgates em 7 dias nas praias: Ano Novo é período crítico

A corporação não divulgou o número exato de novos policiais que chegarão às praias no dia 30. Segundo a PM, por motivos de segurança, mas durante o período festivo de fim de ano, as fiscalizações que já estão ocorrendo devem aumentar. “Já está em prática, mas vamos ampliar o controle de veículos, manter a presença em locais com potencial risco de criminalidade e, desde já, nos prepararmos para o reforço de segurança em grandes eventos”, informou o major, se referindo aos grandes shows que devem ocorrer na Virada.

Além disso, a PM solicitou que os cidadãos utilizem o App 190, que está funcionando no Litoral para registro de ocorrências. “É uma forma de garantir que os policiais cheguem mais rápido aos locais de possíveis crimes, até por conta do mapa que oferece ao solicitante a indicação precisa do endereço da ocorrência”, finalizou Romão.

Foto: Arquivo / Antônio More / Gazeta do Povo

Bombeiros

De acordo com o Corpo de Bombeiros, 91 postos estão abertos ao longo da costa do Paraná, na temporada 2020. Por causa do movimento maior, são dois a mais do que no ano passado. Nas praias, trabalham 370 guarda-vidas, entre civis e militares, sem contar o efetivo operacional para atendimento de ocorrências e as equipes do setor administrativo. “Toda esta estrutura já está preparada para o ano-novo. Mas o que os Bombeiros pedem é para as pessoas busquem se banhar em área protegida perto dos postos de guarda-vidas. Historicamente, o índice de afogamentos em área protegida é praticamente nulo”, disse a tenente Virgínia Turra, dos Bombeiros.

A corporação pede, ainda, para os banhistas evitarem entrar na água do mar depois de consumir bebidas alcoólicas. Também para lembrarem, principalmente os pais, que boias e flutuantes são brinquedos e não servem como equipamentos de segurança. “Esses equipamentos não mantém as crianças seguras. Eles até podem, inclusive, causar afogamentos”, apontou a tenente Turra, destacando que as pulseirinhas de identificação infantil estão disponíveis em todos os postos dos Bombeiros. “É importante que os pais fiquem atentos à movimentação dos filhos e, se estiveram na água, mantenham as crianças a um braço de distância, pelo menos”, concluiu.

Rodovias

A concessionária Ecovia informou que não realizará obras durante a temporada de veraneio. Para o ano-novo, mais de 290 mil veículos devem transitar entre Curitiba e o Litoral. A previsão é de que o movimento seja intenso ainda hoje até na manhã de amanhã, último dia do ano. Cerca de 20 mil veículos devem descer a Serra do Mar.

Já na quarta-feira, dia 1º, o movimento se intensifica logo após o horário do almoço, e o fluxo mais intenso é esperado das 14h até o fim da tarde, sentido Curitiba, devendo atingir 43 mil veículos ao fim do dia.

Nas rodovias BR-116/PR (Contorno Leste), BR-376/PR e BR-101/SC, administradas pela concessionária Arteris, a Operação Verão 24h seguirá em atenção especial ao feriado de Ano-Novo. A expectativa é de que passem cerca de 54 mil veículos por dia em média nas praças. Os horários de pico para quem sai da capital para as praias são no final do dia de hoje e amanhã, das 8h às 20h. No retorno, das praias para Curitiba, o movimento deve ser maior de 2 a 5 de janeiro, das 10h às 22h.

https://www.tribunapr.com.br/noticias/balanco-da-pm-mostra-homicidio-zero-e-queda-de-ocorrencias-no-litoral-do-pr/