Maus-tratos

Mulher é denunciada em Curitiba por manter gatos amarrados pelo pescoço

Foto: imagem ilustrativa / Pixabay.

O Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça de Proteção ao Meio Ambiente de Curitiba, denunciou a tutora de dois gatos por maus-tratos – os animais estavam presos com uma corda curta de nylon, impossibilitados de ter acesso à água e comida e com sério risco de enforcamento e cortes na região do pescoço. O crime ocorreu na residência da denunciada, uma casa no bairro São Braz.

Parecer técnico assinado por médico veterinário – que também é policial civil e atendeu a ocorrência – constatou a situação de maus-tratos. Segundo a ação penal, os gatos “foram encontrados presos em corda de nylon, medindo, aproximadamente, de 10 a 15 centímetros, uma vez que a corda estava completamente enroscada na estrutura na qual foi amarrada.

LEIA TAMBÉM:

>> De cortar o coração! Fotos de antes e depois mostram destruição de incêndio no Hospital Pequeno Príncipe

>> Forte estrondo assusta vizinhança e faz avião retornar ao Afonso Pena

Em razão disso, os animais tiveram impossibilitados o acesso à água, comida e local adequado para suas necessidades, uma vez que, além de impossibilitar o adequado descanso, a corda curta impedia a movimentação dos animais”.

O crime de maus-tratos pode ser punido com pena de dois a cinco anos de prisão e multa. Nesta semana, a 10ª Vara Criminal da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba recebeu a denúncia.

Avenida importante de Curitiba vive impasse! Qual é a melhor solução?
Vote na enquete!

Avenida importante de Curitiba vive impasse! Qual é a melhor solução?

Empresário de Curitiba conquista todos com esse veículo famoso na Índia
Amarelo simpático!

Empresário de Curitiba conquista todos com esse veículo famoso na Índia

Rapazes têm dia digno de
VÍDEO

Rapazes têm dia digno de “Superhomem” em Curitiba; O que eles fizeram foi INCRÍVEL!!!

Whatsapp da Tribuna do Paraná
RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba as notícias do seu bairro e do seu time pelo WhatsApp.