Demorou, mas, enfim, os times das séries A e B do Campeonato Brasileiro estão dominando o Campeonato Paranaense. Após a segunda rodada da Taça Dirceu Krüger, as cinco melhores campanhas deste segundo turno são justamente dos representantes do futebol local nas duas principais divisões nacionais.

Athletico e Coritiba, inclusive, os dois times que fizeram as últimas três finais e são os maiores vencedores do Estadual, são os únicos 100% nesta segunda parte e aplicaram os placares mais elásticos.

+ Leia também: Duas goleadas mudam o status do Furacão no Estadual

Único time na Série A do Brasileirão, o Furacão já marcou 12 gols em dois jogos e já pode praticamente garantir a classificação para a semifinal se vencer o Operário, quarta-feira (20), às 21h30, na Arena da Baixada. Depois de uma Taça Barcímio Sicupira abaixo da média, sem nenhuma atuação convincente e tropeços em casa, o Rubro-Negro mostrou evolução e tem apresentado o melhor futebol do torneio no momento.

+ Mais na Tribuna: Umberto Louzer se vê aliviado com primeira vitória do Coxa em casa

Já o Coxa marcou seis gols e ainda não foi vazado na Taça Dirceu Krüger. Goleou fora de casa e finalmente venceu no Couto Pereira. Se derrotar o Cascavel CR, o FC Cascavel ganhar do Rio Branco e Paraná x Cianorte não terminar empatado, o Alviverde praticamente garante a vaga na próxima fase.

Coritiba está recuperando a confiança. Foto: André Rodrigues
Coritiba está recuperando a confiança. Foto: André Rodrigues

Ou seja, a dupla Atletiba, que deixou a desejar no início (mesmo que o Coritiba tenha chego à final, não convenceu em nenhum momento), vai dando sinais que a capital pode levar a melhor sobre o interior desta vez. Até mesmo o Paraná Clube, que perdeu pro Rio Branco, ainda está na zona de classificação para a semifinal.

+ Viu essa? Dado Cavalcanti assume culpa por derrota e vê Tricolor inexperiente

No Grupo B, Operário e Londrina são os que vêm mais forte entre os representantes do interior. Com quatro pontos cada um, eles brigam pelo segundo lugar no Grupo A e tentam bater de frente com o Trio de Ferro.

Tricolor ainda vai tropeçando no Estadual, enquanto o FC Cascavel caiu de rendimento no segundo turno e ainda não venceu. Foto: Cassiano Rosário
Tricolor ainda vai tropeçando no Estadual, enquanto o FC Cascavel caiu de rendimento no segundo turno e ainda não venceu. Foto: Cassiano Rosário

Decepção

Nesta duas rodadas, quem vem deixando a desejar é o Toledo. Campeão da Taça Barcímio Sicupira, o Porco perdeu os dois jogos que fez neste segundo turno e vai vendo a chance de se classificar pra próxima fase se complicar. Em dois jogos, já foram dez gols sofridos e o time é o lanterna do grupo.

Outro que ainda não somou pontos é o FC Cascavel. Semifinalista na primeira parte da competição, a Serpente apresentou o melhor futebol do turno, mas agora amarga a última posição no Grupo B.

Por fim, o Maringá também vai se complicando. Com duas derrotas, o clube mandou embora o técnico Picolli, após a goleada por 4×0 sofrida para o Athletico, e também vai perdendo força.

Ou seja, pelo que se caminhou nestas duas primeiras rodadas, o Trio de Ferro vai recuperando o prestígio, o domínio e o favoritismo. Mas ainda tem chão para o interior voltar a dar trabalho.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!