Com pelo menos três crimes que acabaram em morte, a madrugada deste domingo (28) foi violenta não só em Curitiba como também na região metropolitana. Nestas ações, que aconteceram entre a meia-noite e às 4h, quatro pessoas foram baleadas e, delas, três morreram. Dos crimes, poucas informações foram passadas para a Polícia Civil, que já mobiliza equipes para as investigações.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre futebolentretenimentohoróscopo, nossos blogs exclusivos e os Caçadores de NotíciasVem com a gente!

Em um dos crimes, que aconteceu na Rua Doutor Levy Buquera, próximo ao cruzamento com a Rua Alziro Zarur, no Sitio Cercado, em Curitiba, um rapaz e uma mulher foram baleados. Conforme apurou a reportagem, os dois, ele com 16 anos e ela com 37, estavam voltando de uma casa noturna quando teriam sido abordados por ocupantes de um carro.

+Leia mais! Empresário que matou vizinho por som alto vai a juri popular

A Polícia Militar (PM) passou à Tribuna do Paraná que foram os moradores que acionaram o Siate, pois ouviram os disparos. Apesar disso, quase nada foi informado pois não havia nenhuma informação precisa de quem possa ter presenciado o crime.

A mulher morreu na hora e o rapaz foi socorrido em estado grave, pois levou um tiro no peito que pode ter atingido a coluna. Ele foi encaminhado ao Hospital do Trabalhador (HT) e, além de correr risco de morte, pode ter sequelas. A Polícia Civil já está trabalhando na investigação, mas os policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) ainda não afirmam o que pode ter motivado o crime.

Dois na RMC

Os outros dois crimes aconteceram em cidades da Região Metropolitana de Curitiba, que devem ser investigados cada um pelas delegacias dos municípios. O primeiro deles foi logo no começo da madrugada, na Rua Utrecht, bairro Guarituba, em Piraquara. Segundo a PM, foi encontrado o corpo de um rapaz com ferimentos na cabeça que foram ocasionado por tiros, mas ninguém sequer contou como o assassinato aconteceu.

+Caçadores! Militar tem coleção de Fiat 147 na garagem!

Mais tarde, na Avenida Gianni Agnelli, no bairro Fazendinha, em Campo Largo, um rapaz de 28 anos estava em uma festa quando acabou baleado. Ele foi socorrido, mas não resistiu.

 

Motorista bate carro roubado na Rone e casal acaba preso em Curitiba