Um casal de cuidadores de carros foi preso em flagrante na tarde desta sexta-feira (20) ao lado de um shopping do bairro Alto Maracanã, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. Os dois atuavam como cuidadores de carro na região, mas foram pegos vendendo drogas durante o horário de trabalho.

+Viu essa? “Por um lado é um alívio, mas a gente precisa ver justiça”, diz pai de Rachel Genofre

Uma denúncia anônima levou uma equipe da Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) a prender o homem e a mulher. Com eles a polícia apreendeu 46 pedras de crack e uma quantia em dinheiro, que não foi divulgada. A dupla foi encaminhada à Delegacia do Alto Maracanã e ficará a disposição da Justiça.

Cobrança indevida

Em alguns casos, os chamados cuidadores de carros ameaçam o proprietário do veículo coagindo a vítima a pagar uma quantia para que o carro seja guardado. Em casos extremos, o veículo chega a ser danificado ou até têm objetos furtados.

+ Leia mais: Construção de trincheira na BR-277 faz trânsito ser desviado na Grande Curitiba

O tenente Rueda do 22º Batalhão de Polícia Militar, orienta que em casos de  cobrança e até ameças por parte dos cuidadores de carro, a vítima deve ligar imediatamente para a PM pela Central 190 e aguardar uma viatura em um local seguro. De acordo com Rueda, a cobrança é indevida uma vez que se trata de via pública.

*Colaborou Rodrigo Cunha.

Três africanos são resgatados em Paranaguá, após viagem clandestina em navio