“Fui no Tatuquara e fiquei assustada. O que tinha de gente andando sem máscara é assustador”, assim definiu a secretária de Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak, ao relatar o que presenciou em uma das regiões com maior incidência de casos confirmados do novo coronavírus, em Curitiba. Na sexta-feira (24), a cidade apresentou um novo recorde de mortes com 22 óbitos e ainda 720 novos casos de covid-19 entre seus habitantes, o que elevou a soma para 16.424 infectados e 444 vítimas fatais da doença, desde o início da pandemia.

LEIA TAMBÉM – Passeio seguro no isolamento é possível! Confira as sugestões pro fim de semana

Os números na Regional Tatuquara, que engloba os bairros Tatuquara, Campo de Santana e Caximba, além de surpreender a própria secretária, comprova que a doença segue tendo maior incidência nos bairros, diferente do começo da quarentena quando a região Central foi mais atingida. Nos dados divulgados pela Secretária Municipal de Saúde (SMS), a Regional Tatuquara teve 1024 casos a cada 100 mil habitantes.

Chama atenção ainda que muitos jovens estão sendo contaminados, possivelmente por não estarem respeitando distanciamento social e uso de máscara de proteção. “Todos nós somos suscetíveis em todos os locais, infelizmente os dados mostram claramente este crescimento. Em abril, quase não tinha caso no Tatuquara, e agora nós temos uma incidência de mais de mil casos por 100 mil habitantes naquela região. A gente vem falando, 13% dos casos confirmados necessitam de internamento e aparecem os jovens. As pessoas precisam usar a máscara em todos os ambientes e não usar aqui no queixo como vi no Tatuquara”, relatou Huçulak.

Casos no Boa Vista chamam atenção

Outra Regional que preocupa as autoridades é a do Boa Vista. Se for pegar os números brutos, esta é a região com mais casos confirmados. No total, são 1841 infectados nos bairros  Abranches, Atuba, Bacacheri, Bairro Alto, Barreirinha, Boa Vista, Cachoeira, Pilarzinho, Santa Cândida, São Lourenço, Taboão e Tingui. Vale ressaltar que a incidência por 100 mil habitantes, chega a 730, um dos menores neste sentido em relação a outras regionais.

Pela ordem de casos confirmados para cada 100 mil habitantes estão Regional Tatuquara com 1024, seguido da Matriz com 1016, Bairro Novo com 907, Santa Felicidade com 889, CIC com 861, Pinheirinho com 855, Portão com 846, Boqueirão com 742, Boa Vista com 730 e Cajuru com 653.