enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Não resistiu!

Morre menino arremessado após explosão em apartamento do Água Verde

  • Por Redação/Tribuna do Paraná com Gazeta do Povo
Foto: Átila Alberti / Tribuna do Paraná

Morreu na tarde deste sábado (29) o menino de 11 anos arremessado do sexto andar de um edifício após uma explosão seguida de um incêndio em um apartamento do bairro Água Verde, em Curitiba. O acidente aconteceu por volta das 9h30 na Rua Dom Pedro I. A morte foi confirmada pela Secretaria da Saúde do Estado do Paraná (Sesa), responsável pelo Hospital do Trabalhador, para onde o garoto foi levado após ser socorrido com traumatismo craniano e em parada cardiorrespiratória. No hospital, o menino chegou a passar por duas cirurgias, sem resistir, devido à gravidade dos ferimentos.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Além da criança identificada como Mateus Henrique Lamb, de 11 anos, outras três pessoas ficaram feridas na explosão e foram encaminhadas com queimaduras por todo o corpo para a unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Universitário Evangélico Mackeinzie. Raquel Lamb de 23 anos e o técnico responsável pela impermeabilização Caio Santos, 30, estão internados em estado grave. Já o marido de Raquel, Gabriel de Araújo, 27, segue hospitalizado, mas em estado de saúde estável. Mateus era irmão de Raquel.

Socorro

Com o forte explosão – que de acordo com os Bombeiros pode ter sido provocada por um acúmulo de gás durante o processo de impermeabilização dos sofás do apartamento –  as paredes do imóvel desabaram. Junto com elas, o menino  foi lançado para fora do apartamento e caiu sobre um carro no estacionamento externo do edifício. Em seguida, o corpo dele foi ao chão. Bombeiros e policiais que moram nas proximidades foram ajudar no socorro, levando a criança até a parte da frente do prédio, para guardar a chegada do Siate.

+ Leia mais: Desespero, horror e impotência: vizinhos contam o que viveram após explosão em apartamento

O publicitário Nader Assad, 27 anos, síndico de um prédio próximo, conta que quando chegou ao local para ver o que acontecia, viu o garoto já estendido na rua. “Ele não parecia estar queimado, mas não respirava e tinha sangue escorrendo dos ouvidos”, lamentou o rapaz.

O menino foi reanimado por socorristas do Siate e levado de ambulância ao Hospital do Trabalhador, com escolta da Polícia Militar, para que chegasse o quanto antes ao pronto-socorro. Lá, ele passou por cirurgias neurológicas e exames, mas acabou morrendo por volta das 15h deste sábado.

Prédio interditado

Os danos à estrutura do prédio ainda estão sendo avaliados por engenheiros da Comissão de Segurança de Edificações e Imóveis (Cosedi), órgão da prefeitura de Curitiba, que interditou o local por precaução. Não há previsão de quando os moradores poderão retornar aos seus apartamentos.

+ Leia aindaManifestantes saem às ruas de Curitiba neste domingo em apoio a Moro e à Lava Jato

No Facebook, o prefeito Rafael Greca prestou solidariedade à família do menino e das outras vítimas. Ele usou sua conta pessoal nas redes sociais para lamentar o ocorrido. “Sou solidário ao sofrimento das famílias, mas a Comissão de Segurança de Edificações – em nome da Boa Engenharia – pede evacuação do condomínio até reparação dos danos. Vamos montar guarda 24 horas até a restauração”, postou Greca.

Foto: Átila Alberti / Tribuna do Paraná

Paredes do apartamento vieram ao chão. Foto: Átila Alberti / Tribuna do Paraná

Explosão em apartamento deixa quatro feridos e assusta moradores do Água Verde

.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

5 Comentários em "Morre menino arremessado após explosão em apartamento do Água Verde"


jefferson alfini
jefferson alfini
1 mês 25 dias atrás

bbel.uol.com.br/casa-arrumada/saiba-como-funciona-a-impermeabilizacao-de-sofas/
olhem esse site. muito interessante.

jefferson alfini
jefferson alfini
1 mês 25 dias atrás

mas que tipo de produto foi usado nessa impermeabilização que emiti alta quantidade de gás? se emite gas, pode ser prejudicial a saude, portanto devia ser proibido o uso e a utilização, a não ser em local especifico.

Barbosa Sincero
Barbosa Sincero
1 mês 25 dias atrás

Falta de informação pode ser fatal…poucos sabiam que há produtos altamente inflamável nesses produtos… Infelizmente aconteceu com essa família…

Alto De Tantas Glórias
Alto De Tantas Glórias
1 mês 25 dias atrás

Putz que tragédia!

Blazy  of Glory
Blazy of Glory
1 mês 25 dias atrás

triste….

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas