Paralisados

Greve nacional envolve cerca de 3 mil trabalhadores de universidades do PR

Foto: Arquivo/Tribuna do Paraná.

Cerca de três mil trabalhadores que atuam no Paraná em diferentes setores da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Universidade Tecnológica do Paraná (UTFPR), Hospital de Clínicas (HC) e Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) estão em greve. A paralisação começou no dia 11 de março e é por tempo indeterminado.

Diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Educação das Instituições Federais de Ensino Superior no Estado do Paraná (Sinditest), Antônio Neris de Souza explica que a greve é nacional e que 54 universidades do Brasil já aderiram ao movimento.

LEIA TAMBÉM:

>> Ginecologista é denunciado por abusar sexualmente de 29 pacientes no Paraná

>> Acidente grave com caminhões no km 666 da BR-376 cria congestionamento

De acordo com Souza, além dos técnicos administrativos em educação (TAE), a paralisação também envolve outras profissões, como médico, engenheiro, farmacêutico, advogado, assistente social, psicólogo e sociólogo.

A principal reivindicação dos profissionais é a adequação do piso salarial. Conforme Souza, o plano de carreira está parado desde 2005. Além disso, houve o congelamento salarial nos últimos sete anos. “A gente não tá pedindo aumento, estamos pedindo revisão da nossa carreira. A nossa carreira é um dos menores salários do serviço público federal, então queremos readequação”, afirma.

O diretor do Sinditest comenta que os baixos salários fazem com que os profissionais desistam de atuar como concursados. “Na nossa carreira, a evasão é de cada dez funcionários que entram, sete pedem para sair por conta do salário baixo. Na medicina é maior ainda. A média chega a 90%. [Os médicos] entram no concurso, passam no concurso e depois pedem para sair”.

Conversa com o Governo Federal

Os trabalhadores em greve tinham a expectativa de que acontecesse uma conversa em Brasília nesta quinta-feira (28). Entretanto, a reunião foi adiada e deve acontecer no início de abril, após uma comissão técnica avaliar a proposta dos profissionais.

Por isso, o Sinditest acredita que no início do próximo mês haverá um parecer mais consistente sobre a situação.

A reportagem da Tribuna do Paraná tenta contato com o Governo Federal.

Bruno Mars em Curitiba! E não será apenas um show! Preços e ingressos!
Ô Yeah yeahhhh!

Bruno Mars em Curitiba! E não será apenas um show! Preços e ingressos!

Por que a gasolina em Curitiba é mais cara que o resto do Paraná??
Respondido!

Por que a gasolina em Curitiba é mais cara que o resto do Paraná??

Curitibano foi longe demais?? Você provaria esse crepes de pinhão?
Inusitado!

Curitibano foi longe demais?? Você provaria esse crepes de pinhão?

Whatsapp da Tribuna do Paraná
RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba as notícias do seu bairro e do seu time pelo WhatsApp.