Treta no litoral!

Desvio de canal no Litoral do Paraná reduz alagamentos, mas acaba com praia; Mar de esgoto!

Obra resolveu o problema de alguns moradores, mas acabou com a qualidade do balneário Grajaú. Foto: Reprodução/Prefeitura de Pontal do Paraná.

O alargamento de um canal de escoamento de água entre dois balneários na cidade de Pontal do Paraná, no litoral do Paraná, está causando grande revolta entre moradores da região. Eles reclamam que, desde quando a mudança ocorreu, a praia está fedendo, com água suja e com zero condições de banho de mar. A razão é o esgoto que estaria indo diretamente para o mar do balneário.

O Canal Lagoa Amarela fica entre os balneários de Grajaú e Mirassol. Ele é um afluente do Canal Rio Guaraguaçu, com origem em Matinhos, que desemboca em Pontal do Paraná.

De acordo com os moradores, antes do alargamento, o deságue acontecia em uma área pouco habitada, o Balneário Olho D’Água, que por sinal tinha sua avaliação nos boletins de balneabilidade como “impróprio para banho”. Mas, com a obra de microdrenagem, o canal passou a desaguar em uma área com grande fluxo de moradores e turistas.

“Ao procurar solucionar problemas de ruas e casas alagadas, frequentemente com as chuvas, resolveram abrir o canal de drenagem. Desta forma o canal que está vindo entre os dois balneários (Marisol e Grajaú) seguia no início direto para o mar e não mais até o Balneário Olho.  Isto já foi feito antigamente e o canal foi empurrado novamente no mesmo lugar que estava antes das obras atuais do município de Pontal”, explicou um morador da região que denunciou o caso para a Tribuna.

Alguns moradores, prefeitura de Pontal do Paraná e Sanepar se reuniram no último dia 08 de maio.  A Priscila Leduc é uma das moradoras  que se sente prejudicada com a mudança. Em um vídeo nas redes sociais, no perfil @unidoscontraodesviodocanal ela cobra conscientização de todos. “Tem muitas pessoas que jogam esgoto clandestino do canal. Não façam isso, gente. Vocês estão destruindo nossa cidade”.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por UNIDOS CONTRA O DESVIO DO CANAL (@unidoscontraodesviodocanal)

Ela também esclarece que a mudança beneficiou outras pessoas, porém faz um apelo para as autoridades. “Um senhor que estava ao meu lado (na reunião) falou que antes entrava água na casa dele e depois do canal a água não entra mais. Vamos ver todos os lados e procurar uma solução. Queremos soluções rápidas. Promessas a médio e longo prazo é esgoto no nosso mar, não podemos passar mais uma temporada  no prejuízo de uma praia imprópria para banho”.

No último boletim de balneabilidade, que é a avaliação da qualidade das águas utilizadas para recreação de contato primário, divulgado pelo Instituto Água e Terra do Paraná, em fevereiro de 2024, aponta que a região estava imprópria para banho. Segundo as avaliações, a última vez que este ponto esteve próprio para banho foi na temporada 2019/2020, depois disso só aumentam os pontos impróprios

E aí, autoridades?

O Instituto Água e Terra do Paraná afirma que “esse problema acontece por causa de ligações de esgoto clandestinas feitas por moradores. IAT, Sanepar e prefeitura vão dar início a uma ação de melhoria do local. Mas, reforçamos, o maior problema são as ligações irregulares”.

Segundo a prefeitura de Pontal do Paraná, não houve desvio do canal, mas sim uma correção para “para melhorar o fluxo de água na região e diminuir alagamentos”.

Investimento milionário para a região

A Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná) e a prefeitura Municipal assinaram no início do mês um termo de convênio que prevê investimento de R$ 2,1 milhões. Autoridades municipais, da Sanepar e do IAT estiveram no local no dia 08 de maio.

“O saneamento básico é fundamental em Pontal do Paraná. O investimento permitirá a ampliação da rede de esgoto desde a limite com Matinhos, nos balneários Iracemã, Monções, Canoas, Jacarandá e Marissol”, disse o prefeito de Pontal do Paraná, Rudão Gimenes.

O município ficará responsável pela contratação das obras que envolvem saneamento básico e uma estação elevatória para bombear o esgoto. Além das obras, a fiscalização em relação ao esgoto clandestino deve ser reforçada. 

Manda pra Tribuna!

Você conhece pessoas que fazem coisas incríveis, viu alguma irregularidade na sua região? Quer mandar uma foto, vídeo ou fazer uma denúncia? Entre em contato com a gente pelo WhatsApp dos Caçadores de Notícias, pelo número (41) 9 9683-9504. Ah, quando falar com a gente, conte sobre essa matéria aqui! 😉

Bruno Mars em Curitiba! E não será apenas um show! Preços e ingressos!
Ô Yeah yeahhhh!

Bruno Mars em Curitiba! E não será apenas um show! Preços e ingressos!

Por que a gasolina em Curitiba é mais cara que o resto do Paraná??
Respondido!

Por que a gasolina em Curitiba é mais cara que o resto do Paraná??

Curitibano foi longe demais?? Você provaria esse crepes de pinhão?
Inusitado!

Curitibano foi longe demais?? Você provaria esse crepes de pinhão?

Whatsapp da Tribuna do Paraná
RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba as notícias do seu bairro e do seu time pelo WhatsApp.