Curitiba registrou a morte de mais duas pessoas por covid-19 e suas complicações. Este é o menor número de novos óbitos pela doença divulgado em um boletim diário desde o dia 23 de junho, de acordo com informações da Secretaria Municipal de Saúde. Além destes falecimentos, nesta quarta-feira (21), outros 242 casos de infecção por novo coronavírus também foram confirmados na cidade. Os dados mais recentes da pandemia aumentam para 1.423 o total de mortes e para 49.689 o número de pacientes que testaram positivo, desde março deste ano.

LEIA MAIS – Morre voluntário brasileiro da vacina de Oxford contra a covid-19

Conforme o novo boletim epidemiológico municipal, a capital paranaense tem hoje 3.004 pacientes na fase ativa e de transmissão da covid-19. No dia anterior, eram 3.045 pessoas em fase de transmissão e há sete dias, o informe do dia 14 de outubro trazia um total de 2.946 casos ativos.

Ao contrário dos casos ativos, a soma de pacientes que já superaram a covid-19 subiu. No boletim anterior, Curitiba tinha 44.981 recuperados e sem sintomas da infecção pelo vírus Sars-Cov-2. Hoje, estes pacientes já são 45.262.

Vidas perdidas

As duas novas mortes por covid-19 de moradores de Curitiba aconteceram nas últimas 48 horas. As pessoas que perderam suas vidas para a doença eram dois homens, um tinha 62 anos e o outro 83. De acordo com a SMS, os dois estavam internados e tinham fatores de risco para complicações.

VIU ESSA? Reformas de postos de saúde de Curitiba são adaptadas à pandemia de coronavírus

Nos hospitais da rede pública

Nos hospitais de Curitiba que integram o Sistema Único de Saúde (SUS), a taxa de ocupação nos 285 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) exclusivos para covid-19 é de 76% nesta quarta-feira. Mas ainda restam, segundo a prefeitura da capital, 67 leitos de UTI do SUS livres, que podem receber pacientes com diagnóstico de novo coronavírus ou com suspeita da doença.