Patrimônio

Casarão histórico de Bento Munhoz da Rocha em Curitiba é demolido horas após venda

Foto: Átila Alberti / Tribuna do Paraná.

Em menos de doze horas, um casarão histórico sumiu da capital paranaense. Na esquina das ruas Carlos de Carvalho e Brigadeiro Franco, no Batel, a casa que um dia pertenceu ao ex-governador Bento Munhoz da Rocha Neto foi demolida depois que o terreno foi vendido pelos herdeiros.

A casa foi construída na década de 1940 pelo político. Ele se mudou para a capital paranaense com a esposa, Flora, e os cinco filhos do casal. Devido ao fim das importações durante a Segunda Guerra Mundial, a obra atrasou. Ainda em vida, Bento comprou um apartamento para a mulher. Ele chamava o espaço de “apartamento da viúva”. Quando ele faleceu, em 1973, Flora se mudou e a casa foi alugada.

Primeiramente, o terreno foi ocupado pelos empresários italianos que fundaram a ICAB Chocolates. Anos mais tarde, um escritório de advocacia alugou o local. Durante a pandemia, os advogados mudaram de endereço. Foi quando os herdeiros decidiram colocar a casa à venda. Assim que o contrato foi firmado, na última semana, a demolição foi quase instantânea.

“O doutor Bento era professor universitário. Ele não deixava retirar os livros da biblioteca, mas sempre recebia os alunos. Deixava eles lendo pelo tempo que quisessem. A casa estava sempre viva, sempre cheia de gente. Nunca trancada”, relata Gilda Munhoz da Rocha, nora do ex-governador.

A família fez uma única exigência: o grupo que comprou o terreno terá que reproduzir a biblioteca de Bento quando a obra estiver pronta. Para isso, foram guardados livros e alguns móveis da estrutura, preservados ao longo do tempo.

“O bem material vai, mas o doutor Bento deixou uma memória inesquecível, sempre uma mente maravilhosa. Ele deixou o espírito como legado. Então a casa era parte dele, mas com o tempo essas coisas vão se deteriorando. O legado dele era ele mesmo e tudo que ele fez pelo Paraná”, complementa Gilda.

Quem foi Bento Munhoz da Rocha

Bento Munhoz da Rocha Neto foi engenheiro, professor, escritor e sociólogo. Depois de ocupar uma cadeira de deputado federal, de 1946 a 1950, ele foi eleito governador do Paraná, de janeiro de 1951 a abril de 1955. Ele é lembrado por ter promovido mudanças no estado no agronegócio, na energia e na educação. Em uma época em que os alunos eram enviados ao estado de São Paulo para estudar, Bento trouxe colégios para o Paraná.

A demolição repentina causou surpresa na memorialista Karin Romanó. Na véspera da mudança, ela passou em frente ao casarão antes de assistir uma orquestra no Teatro Guaíra, no auditório que leva o nome do ex-governador. No caminho de volta para casa, deparou-se com o maquinário no local. Em dúvida, ela chegou a ligar no IPPUC e descobriu que a casa não era uma unidade de interesse de preservação.

“É uma pena. Eu fiquei muito triste. A gente não pode exigir que alguém mantenha a cidade com a aparência que ela já teve um dia, mas quando um espaço assim é demolido, parte da história de Curitiba é demolida junto. Se essa casa não era tombada pelo patrimônio histórico, penso em quantas outras deixam de ser”, afirma Karin.

A memorialista desenvolve um projeto de registro das casas antigas da cidade. No momento, ela pesquisa as estruturas feitas por volta de 1915.

“Apesar disso, a gente entende a família também. O imóvel fica amarrado. É difícil alugar uma casa tão grande, quem aluga altera a estrutura. Com o tempo, pode ser um transtorno. A família pagou IPTU todos esses anos, eles estão no direito de vender”, pondera.

Avenida importante de Curitiba vive impasse! Qual é a melhor solução?
Vote na enquete!

Avenida importante de Curitiba vive impasse! Qual é a melhor solução?

Empresário de Curitiba conquista todos com esse veículo famoso na Índia
Amarelo simpático!

Empresário de Curitiba conquista todos com esse veículo famoso na Índia

Rapazes têm dia digno de
VÍDEO

Rapazes têm dia digno de “Superhomem” em Curitiba; O que eles fizeram foi INCRÍVEL!!!

Whatsapp da Tribuna do Paraná
RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba as notícias do seu bairro e do seu time pelo WhatsApp.



Voltar ao topo