O técnico Matheus Costa faz mistério sobre sua permanência no Paraná Clube para 2020, mas reafirmou a vontade de ficar. O treinador revelou que não foi procurado pela diretoria, recebeu sondagens de outros clubes e ainda aguarda uma definição. “Eu vou cumprir meu contrato. Em nenhum momento me procuraram. Teve possibilidade de reunião, mas foi cancelada. A partir do dia 30, estou sem clube e vou analisar o que pode acontecer. Tive sondagens, sem propostas oficiais”, afirmou em entrevista coletiva.

+ IMPERDÍVEL! Baixe e ouça o podcast De Letra sobre TV!

A Chapecoense apareceu como um dos clubes interessados, mas não foi confirmada pelo comandante paranista. Diretoria e técnico ficaram de se reunir no último sábado para alinhar a continuidade, mas o encontro foi adiado, de acordo com Matheus.

Desde a derrota para o Atlético-GO, há duas rodadas, quando praticamente decretou o fim da chance de acesso, o encontro é esperado pelo treinador paranista. Ele disse que também entende se a direção optar por outros nomes no mercado. “Caso venha acontecer e eu fique no clube, vou lutar para buscar o título estadual. Tem a Copa do Brasil que é fundamental para a sobrevivência, além da busca pelo acesso. Sempre deixei bem claro meu desejo de ficar e nem vejo o porquê de não ficar, mas o clube pode ter outros projetos e tenho que respeitar”, completou.

+ Confira tabela e classificação da Série B!

Em sua segunda passagem, o comandante tem 37 jogos, com 14 vitórias, 13 empates e dez derrotas. O aproveitamento é de 49,5 %. Todas as partidas foram pela Série B depois de assumir o cargo de Dado Cavalcanti, demitido com o término do Estadual. Em 2017, substituindo Lisca, Matheus Costa conquistou o sonhado acesso à Série A após dez anos na segunda divisão, mas não continuou no ano seguinte por decisão da diretoria.

O Paraná enfrenta o Botafogo-SP nesta sexta-feira (29), às 19h15, na Vila Capanema, pela última rodada da Série B. O Tricolor é o sétimo colocado, com 55 pontos.

Mais do Paraná:

+ Equipe deve ter três alterações contra o Botafogo-SP
+ Confira quem ‘se salvou’ na temporada tricolor
+ Torcedores promovem ‘festa alternativa’ de aniversário de 30 anos