Uma ação em conjunto entre vários grupos de torcedores do Paraná Clube está arrecadando dinheiro para patrocinar o time em uma partida da Série B do Campeonato Brasileiro. O projeto, organizado pela ‘Família Paranista’, visa ajudar financeiramente o Tricolor, além de reforçar o valor da exposição da marca na camisa para outros possíveis parceiros comerciais do clube. Na partida diante do Coritiba, que será realizada neste sábado (5), a partir das 16h30 na Vila Capanema, já serão vendidas rifas no valor de R$ 20 para que o patrocínio possa ser pago.

Um total de 12 associações de paranistas se juntaram em prol do a equipe. Grupos conhecidos entre os torcedores, como o Park Fitness Paranista, Paranautas, TV Voz da Vila e Paranaálcol, entre outros, divulgaram em suas redes sociais explicações sobre a iniciativa.

“São notórias e não são de hoje as dificuldades financeiras do nosso clube. Sabemos que cada um ajuda da maneira que pode, seja sendo sócio, comprando material, indo a alguns jogos e etc. Por isso, em mais um ato de puro amor ao Tricolor, deixaremos claro mais uma vez o quanto nossa torcida é importante para a instituição. Além do valor financeiro em si, ficará o recado a todos os potenciais parceiros comerciais do clube de que vale a pena investir em divulgar a marca nele”, fala a nota.

Quem comprar as rifas concorrerá a 11 camisas, que terão o patrocínio do grupo. Os bilhetes podem ser adquiridos na tenda ‘Todos Juntos pelo Tricolor’ em frente às bilheterias e dentro dos setores do estádio. É possível também comprar as rifas diretamente com os grupos envolvidos na ação.

Ainda não há data definida para que o patrocínio da ‘Família Paranista’ ocorra. De acordo com a nota, os valores arrecadados e os custos serão divulgados na página do Facebook do projeto, assim como nos grupos e portais que participam da ação.

+ Confira a classificação completa da Série B!

Não é a primeira vez que a torcida se mobiliza para patrocinar o Paraná Clube. Em 2013, o Torcida Fúria Independente estampou sua marca no espaço ‘master’ da camisa por duas partidas. Na ocasião, o Tricolor vivia uma grave crise financeira, convivendo com atrasos de salários de funcionários e jogadores, e a organizada tentou injetar dinhe4iro nos cofres paranistas para que a situação fosse minimamente amenizada.

Leia mais:

+ Presidente fala sobre mudanças no G5: “Toda entrega tem limite
+ Tricolor joga pela honra no clássico com o Coritiba
+ Alex Brasil fala em ‘máfia mexicana’ ao citar caso de reforço