Fora do Campeonato Paranaense, o Paraná Clube pode dar toda a sua atenção para a Copa do Brasil. E o torneio, que já era tomado como prioridade pelo Tricolor, agora vale muito. Com a vantagem obtida após o triunfo por 2×0 sobre o Vitória, na noite da quinta-feira (13), em Salvador, a possibilidade de entrar na “elite” da competição, ao lado dos times que disputam a Copa Libertadores, ficou bem maior. E também a chance de faturar mais com o torneio.

Confira como foi a emocionante vitória do Tricolor!

Em cada fase da Copa do Brasil, quem passa ganha dinheiro. Ao eliminar o São Bento, o Paraná ganhou R$ 250 mil. Depois, passando pelo Bahia, mais R$ 315 mil. Na classificação sobre o ASA, foram mais R$ 680 mil. Portanto, até agora o Tricolor já ganhou R$ 1,245 milhão em apenas quatro partidas. Se o time eliminar o Vitória na próxima quarta-feira (19), às 19h30, na Vila Capanema, mais R$ 750 mil entram na conta paranista.

Por isso é tão importante se classificar. Além da vitrine natural, há um profundo impacto financeiro, que pode fazer diferença na montagem do grupo para a Série B. E pode se tornar o que se chama de “círculo virtuoso”, porque a boa campanha na Copa do Brasil pode atrair reforços, que podem fazer com que os jogadores que estão no clube se motivem a ficar, que assim atraiam outros jogadores a defender o Tricolor, e assim sucessivamente.

Daí a grande expectativa para o jogo da volta. Para o presidente do Paraná Clube, Leonardo Oliveira, não há razão para a Vila Capanema não estar lotada na próxima quarta. “Demos um bom passo para a classificação e precisamos do torcedor na Vila Capanema na próxima quarta-feira. Já quero convocar todos porque o time do Vitória é muito difícil”, afirmou o cartola, que contou bastidores dos últimos dias. “Na segunda-feira, nós reunimos o grupo, a necessidade de concentrar nessa competição e esquecer tudo que passou. O foco era total na Copa do Brasil e conseguimos ter sucesso”, revelou.

E depois?

Passando pelo Vitória e se classificando para as oitavas de final, o Paraná Clube e os outros quatro times qualificados vão se unir aos onze times pré-classificados. Os oito cabeças de chave são os times que estão na Copa Libertadores: Atlético-MG, Atlético, Botafogo, Chapecoense, Flamengo, Grêmio, Palmeiras e Santos. Os outros três já garantidos são Santa Cruz (campeão da Copa do Nordeste), Paysandu (campeão da Copa Verde) e Atlético-GO (campeão da Série B).