O Governo do Paraná anunciou, nesta terça-feira (14), que não irá prorrogar o decreto com regras mais restritivas em algumas cidades do Paraná. Com isso, abre-se caminho para que o Campeonato Paranaense volte a ser disputado nos próximos dias.

No entanto, alguns clubes seguem proibidos de treinarem, casos de Athletico e Rio Branco. O Furacão ainda depende de uma decisão da prefeitura de Curitiba, que mantém a bandeira laranja, com normas que ainda proíbem que clubes esportivos sejam abertos. Já o Leão da Estradinha terá que seguir as determinações mais rígidas do Litoral até o próximo dia 21.

Além disso, a capital não pode, neste momento, receber jogos de futebol.
Coritiba e Paraná, que treinam em Colombo e Quatro Barras, respectivamente, podem manter suas atividades normalmente dentro dos protocolos de segurança destas cidades. Apesar da retirada de restrições por parte do governo, cada prefeitura pode implementar suas próprias restrições.

Mesmo assim, a Federação Paranaense de Futebol (FPF) e times já se movimentam para determinar uma data para o retorno do Paranaense. Uma reunião com o governador Ratinho Júnior e o secretário de saúde Beto Preto está marcada para a próxima quinta-feira (16).

+ Cristian Toledo: Pressão do ‘libera geral’ funciona; Campeonato Paranaense pode voltar sábado

Caso a volta do Estadual se confirme, mesmo com as proibições em Curitiba e no Litoral, não está descartado que os jogos sejam realizados em outras cidades, como Cascavel, Cianorte e Ponta Grossa, que tem equipes ainda na competição.

Porém, tudo dependerá da manifestação das prefeituras, o que deve acontecer na quarta-feira (15) e da reunião com o Governo. Procurada, a FPF ainda não se manifestou sobre a chance de retorno do Estadual.

+ Mais do futebol paranaense:

+ Seis times à favor e dois contra. Quem quer a volta do Paranaense?
+ Atletibas em setembro e fevereiro e jogos entre Natal e Ano-novo. Veja a tabela do Brasileirão
+ CBF define tabela da Série B; Paraná estreia fora e pode jogar um dia após o Natal


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?