Embora ainda não tenha uma previsão de volta, e nem a liberação do governo, a maioria dos clubes envolvidos nas oitavas de final do Campeonato Paranaense deste ano é a favor da retomada da competição.

Restam apenas mais seis jogos para a conclusão do Estadual de 2020, mas o futuro ainda é uma incógnita, por conta da pandemia do coronavírus.

Confira abaixo a opinião dos times ainda envolvidos na disputa:

Athletico – favorável

O presidente do Furacão, Mario Celso Petraglia, é a favor da retomada imediata do Paranaense.

“Necessariamente, temos hoje os principais estados já liberados para a retomada do futebol em jogos nos estádios”, destacou.

“Com os testes semanais, protegemos muito mais nossos atletas e comissões técnicas do que o isolamento total em suas casas”, reforçou o dirigente, que apoia inclusive a possibilidade de o campeonato ser disputado em Santa Catarina.

Coritiba – favorável

O posicionamento oficial do Coritiba é de que o Campeonato Paranaense deve ser decidido dentro de campo. “Conforme o regulamento já existente e sem conflitar com o início do Brasileirão, como farão outros estados”, reforçou o Coxa, via assessoria de imprensa.

Paraná – contrário

O Tricolor se manifestou através do diretor de futebol, Alex Brasil, contrariamente à volta da competição.

“Não tem cabimento pelo momento que vivemos no Estado voltarmos com o campeonato. Temos que nos preocupar com as vidas. Não haverá datas para o término da competição. Sou contra a mudança da fórmula. Seria muito mais inteligente dar o título ao Covid do que continuar com o campeonato”, disse Alex. Via assessoria, o clube informa que opinião do dirigente reflete a do clube.

Operário – favorável

O clube de Ponta Grossa também é favorável à retomada imediata da disputa.

“O Operário é total a favor. Eu acho que pode voltar já. Nosso ambiente é tranquilo, estamos já há dois meses treinando. A não ser o meu caso positivo, que peguei fora do clube, ninguém mais pegou o coronavírus”, disse o presidente Álvaro Goes.

“Precisamos terminar o Estadual o quanto antes, até porque o Brasileirão já tem data. Tendo todos exames, cuidados, com protocolos bem feitos, pode seguir”, reforçou.

Rio Branco – favorável

Presidente do Deliberativo do Rio Branco, Itamar Bill diz que o clube é totalmente favorável à volta da competição.

“Eu acho que tem condições de voltar já, dentro de um protocolo de segurança, de uma situação de responsabilidade. Temos que voltar, encerrar o mais rápido possível e vida que segue. O Rio Branco é favorável”, destacou.

FC Cascavel – favorável

O clube do interior é outro favorável à retomada. “Tem que voltar imediatamente, entendemos que o protocolo do futebol é melhor que qualquer outro existente no Estado. Estamos treinando há 40 dias, fizemos testes e, de 60 pessoas testadas, apenas três deram positivo, um deles fui eu. Depois disso, fizemos testes por amostragem e não tivemos mais nenhum caso”, disse o presidente Valdinei Silva.

“Defendemos a volta imediata do Paranaense. Temos oito clubes. É muito tranquilo fazer um protocolo de segurança, por são poucos jogos. Não faz sentido estar parado. Já passou da hora de voltar”, reforçou.

Londrina – contrário

Em entrevista recente à Rádio Transamérica, o gestor Sérgio Malucelli afirmou que a disputa deveria ser encerrada. “Não deveria nem ter mais o Paranaense. Já tem os rebaixados definidos, é um gasto desnecessário”, disse.

“Precisa ter um campeão? Qual é a motivação para comemorar um título paranaense nesta pandemia, sem torcida? Sou totalmente contra”, completou.

Cianorte – favorável

O Cianorte também se demonstra favorável à volta disputa, desde que cumpridos rigorosos protocolos de acompanhamento. “Com coerência e cautela, dá para gradualmente voltar, com o máximo possível de controle”, disse o presidente Lucas Franzato.

“O futebol é um dos ramos que mais se preparou para a volta, com muita testagem e acompanhamento. É um momento difícil que o país vive como um todo, mas quando a gente vai para níveis de risco, dado o tamanho do campo, número de envolvidos e grau de testagem e acompanhamento, acredito que o estado está apto a uma volta”, acrescentou.

+ Mais do futebol paranaense:

+ Atletibas em setembro e fevereiro e jogos entre Natal e Ano-novo. Veja a tabela do Brasileirão
+ CBF define tabela da Série B; Paraná estreia fora e pode jogar um dia após o Natal
+ De ex-jogadores presos a batida de carro e técnico ‘cancelado’. As polêmicas do futebol na pandemia


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?