Depois de o volante Otávio ter sido confirmado pelo Bordeaux, uma outra revelação do Atlético acertou sua transferência para o futebol francês. o volante Hernani foi emprestado pelo Zenit, da Rússia, ao Saint-Etienne até o final da temporada.

No anúncio da contratação, o clube francês lembrou de outros atletas que jogaram no Furacão e jogaram na Europa, casos dos volantes Fernandinho e Kléberson e, principalmente, do atacante Ilan, que foi ídolo no Saint-Etienne.

“Estou muito feliz por estar aqui. Fui muito bem recebido. Estou ciente de que o clube tem feito esforços significativos para me contratar. Agora eu quero trabalhar duro para mostrar em campo a confiança dada a mim. Entrei para um clube que tem uma grande história, onde o Ilan evoluiu. A Ligue 1 também agora tem mais visibilidade com a chegada de Neymar”, disse o jogador, em entrevista ao site oficial do novo clube.

“Hernani tem todas as qualidades para vencer. Eu disse a ele que muitos brasileiros tinha florescido em Saint-Etienne. Espero que ele venha experimentar o mesmo sucesso que Aloisio (Chulapa, que também passou pelo Furacão), Alex (Dias), Ilan e Brandão”, afirmou Rolando Romeyer, presidente do Saint-Etienne.

Hernani deixou o Atlético no final de 2016, quando foi comprado pelo Zenit por cerca de R$ 28 milhões. No clube russo, porém, teve poucas oportunidades. Disputou somente onze jogos. Com a mudança no comando técnico da equipe, ele perdeu ainda mais espaço.

O volante havia sido contratado por indicação do técnico Mircea Lucescu, conhecido por trabalhar com muitos brasileiros em seus elencos. Porém, o treinador acabou trocando o Zenit pela seleção da Turquia e para seu lugar foi contratado Roberto Mancini, que deixou claro que não queria brasileiros em seu grupo. Tanto que para a mesma função de Hernani, o clube já anunciou a contratação do argentino Kranevitter, que pertencia ao Atlético de Madrid, da Espanha, mas estava emprestado ao Sevilla na última temporada.