A partida entre Athletico e Fortaleza, pela Copa do Brasil, realizada na Arena da Baixada, na noite desta quarta (5), era decisiva. Porém, talvez em função da baixa temperatura, na casa dos 12ºC, em Curitiba, o torcedor não tenha se sentido estimulado a comparecer em grande número para ‘esquentar’ as arquibancadas. Uma noite gelada em Curitiba, somada a um horário complicado de ser ‘respeitado’, já que o torcedor precisava enfrentar o ‘nó’ no trânsito da capital paranaense para chegar às 19h15 no local da partida. Com isso, muita gente chegou apenas após o apito inicial.

+ Leia mais: Furacão bate o Fortaleza e está nas quartas da Copa do Brasil

Para o Furacão, o confronto valia uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil, uma das competições que oferece o caminho mais ‘rápido’ para a Libertadores, além de uma boa premiação em dinheiro. Ainda assim, o público de 15.797 total da partida não ficou perto dos maiores do ano, mas quem esteve presente fez sua parte e a vitória foi confirmada já aos 43 minutos da segunda etapa, com gol de Marco Ruben.

+ Também na Tribuna: Athletico tenta liberação de Renan Lodi

O empate sem gols no primeiro encontro das equipes, no jogo de ida, fazia com que o Rubro-Negro pudesse ter uma certa vantagem em decidir ‘em casa’. Afinal, em seu ‘habitat natural’, o Furacão está com bom retrospecto e poderia se apegar aos números positivos.

Na Arena da Baixada, o Rubro-Negro conta com bons números a seu favor. Em 2019, com o time principal, a equipe somava oito partidas em casa ­ sem contar com este jogo contra o Fortaleza – sendo quatro pelo Campeonato Brasileiro, três pela Libertadores e uma vez pela Recopa Sul-Americana, com apenas uma derrota em seus domínios. O revés, aliás, foi o 2×0 para Corinthians, pelo Brasileirão, e o Furacão estava com um time totalmente alternativo.

+ Veja ainda: Nikão é homenageado pela torcida e faz caridade

As cadeiras do estádio atleticano poderiam até não estar todas ocupadas no duelo com o time cearense, mas os atleticanos presentes empurraram no grito o Furacão em campo em um jogo de paciência. Encarando um adversário fechado, somente aos 43 minutos, e de tanto insistir em todo o jogo, o Athletico carimbou sua vaga para a próxima fase da Copa do Brasil.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!