enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

"Bode" enjaulado

Rapaz acusado de três homicídios é preso na RMC

Um dos crimes, ocorrido em fevereiro deste ano, vitimou um ex-presidiário

  • Por Janaina Monteiro

Pelo menos quatro assassinatos e duas tentativas de homicídio foram esclarecidos pela delegacia de São José dos Pinhais, com a prisão de dois suspeitos. De acordo com o delegado Gil Rocha Tesserolli, os crimes foram motivados pelo tráfico de drogas.

Jhony de Almeida Cruz, o “Bode”, 25 anos, trocou tiros com guardas municipais e foi baleado na perna na segunda-feira passada. Segundo a polícia, ele é apontado como autor de três homicídios. Uma das vítimas é o ex-presidiário Benvindo Paulini Cardoso, 31, em Campo Largo da Roseira, em 21 de fevereiro deste ano. As outras vítimas são Alexssandro Pastore, 20, e de Patric Pedro Davi, 16, executados em julho, na Planta São Marcos. Duas tentativas de homicídio, contra Milena do Rocio David, 21, e Wesley Barrabarra da Silva, 17, também são atribuídas a “Bode”, que está internado no Complexo Médico Penal.

Outro

Também na segunda-feira passada, policiais militares prenderam Carlos Alberto Bittencourt Silva de Oliveira, o “Bocão”, 22, com um revólver 38 com numeração lixada. Investigações da delegacia apontam que “Bocão” participou do assassinato de Adão Mendes, 51, no último dia 10, na Planta São Marcos. “Bocão” tem duas passagens por roubo e mandado de prisão expedido. Ele alegou que apenas emprestou a arma para Ederson dos Santos Camargo Alves Sarapião, o “Minhoca”, 25, autor dos disparos e que está sendo procurado. “Emprestei a arma, mas não sabia que ele ia matar. Tinha o revólver porque estava sendo ameaçado. Sou apenas usuário de maconha”, alegou “Bocão”. A arma foi encaminhada para confronto balístico.

Veja o vídeo do suspeito.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Últimas Notícias

Mais comentadas