Ricardo tentou correr dos
assassinos, mas não conseguiu.

Pai e filho teriam cometido juntos um assassinato na Rua A, quase esquina com Rua Maria Sobânia, Vila São Sebastião, em Araucária. A vítima era o dono de um boteco da região, Ricardo da Silva Jardins, 25 anos, que levou um tiro na cabeça às 23h50 de sábado. Os suspeitos do crime, que mantinham antiga divergência com o comerciante, não foram localizados.

Ricardo caiu morto a uma quadra do bar, que ainda estava aberto quando a polícia compareceu ao local do crime. “Testemunhas viram pai e filho sair correndo dali”, disse o investigador Almir, da DP de Araucária. O policial acredita que a vítima foi abordada dentro do estabelecimento e tentou correr para a rua.

Por enquanto, apenas o apelido do mais novo dos acusados foi apurado. Os motivos da briga entre eles e a vítima e o fato que desencadeou o assassinato estão sendo investigados.