O assassinato do caminhoneiro Marco Antônio Bebber ocorrido na madrugada de terça-feira vai ser remetido à delegacia de Quatro Barras, que cuidará das investigações. A informação foi divulgada pela delegacia de Campina Grande do Sul, que deu atendimento à ocorrência.

A vítima foi encontrada morta dentro da cabina do caminhão, caída no banco do passageiro, à margem da BR-116, quilômetro 68. Ela presentava sinais de violência na cabeça, mas o que gerou os ferimentos (arma de fogo ou outro objeto contundente) somente serão descobertos após exames complementares do IML. Pela análise do local feita pelo investigador Antunes, nenhum pertence da vítima foi levado e a carga do caminhão também permaneceu intacta.

O que motivou o crime e a autoria ainda são mistério para a polícia. Os investigadores de Quatro Barras irão ouvir pessoas com as quais a vítima tinha algum relacionamento para terntar descobrir alguma pista que leve ao assassino.