No terreno baldio do final da Rua Crescêncio Batista, Jardim Elisa, em Pinhais, moradores encontraram, ontem, o corpo de um homem desfigurado. Ele estava sem parte do rosto e do couro cabeludo, provavelmente devorados por animais.

O cadáver foi achado por volta das 13h, no terreno onde também corre o Rio Palmital. De acordo com o investigador Ubiratã, da delegacia local, foi verificado que o rosto tinha um corte muito profundo. “A perícia acredita que algum bicho tenha devorado o rosto e o couro cabeludo”, contou o policial.

Tiro

O crime ocorreu provavelmente durante a madrugada de ontem e foi constatada uma perfuração no crânio, que pode ter sido causada por tiro. No bolso da vítima, foi encontrado um título de eleitor em nome de Geidison da Silva, 19 anos, de Campina Grande do Sul. O nome dele só será confirmado com o reconhecimento do corpo no Instituto Médico-Legal.