As empresas de transporte de cargas vão tentar repassar a seus clientes o impacto do aumento da carga tributária decorrente da mudança no sistema de recolhimento da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins). O aumento médio que se espera nos fretes, a partir de fevereiro, é da ordem de 9,23%, índice que inclui ainda a elevação dos insumos do setor no período de maio/2003 a janeiro/2004. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)