enkontra.com
Fechar busca

Segurança

Na caça!

Polícia na cola de uma das maiores quadrilhas de roubo a joalherias

  • Por Redação / Tribuna do Paraná

Uma dezena de mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos pela Polícia Civil do Paraná na manhã desta quarta-feira (05). Os mandados são contra integrantes de uma das maiores quadrilhas especializada em roubos a joalherias do Estado. As buscas acontecem no São Braz, Tatuquara, Pinheirinho, Sítio Cercado, Capão Raso e Campo do Santana, em Curitiba. Foram cumpridos ainda mandados em Fazenda Rio Grande e Araucária, na região metropolitana.

+Leia mais! Marido em estado de choque após esposa morrer atropelada. Câmera flagrou acidente!

De acordo com as investigações, o grupo seria responsável por dois roubos realizados Ponta Grossa. Somente em uma joalheria, por exemplo, os criminosos teriam subtraído mais de R$ 750 mil em joias no dia 22 de fevereiro. Os integrantes foram reconhecidos, inclusive, por testemunhas.

Em outra ocasião, no dia 18 de março, os funcionários de um posto de combustíveis no bairro Cajuru, em Curitiba, foram surpreendidos quando três homens armados deram voz de assalto e ordenaram para que um dos atendentes abrisse o cofre. Um dos suspeitos impediu que clientes pudessem sair da loja de conveniências. Os suspeitos fugiram levando cerca de R$ 30 mil em dinheiro.

Num terceiro crime, no dia 5 de abril, os suspeitos renderam os funcionários de uma padaria, no centro de Ponta Grossa. Na ocasião, eles levaram dinheiro e pertences de clientes.

+Viu essa? Professor é preso em flagrante pela polícia com pornografia infantil

No xadrez!

Segundo a polícia, Fábio Rovanir Francisco, de 39 anos, Flávio Rocha, 38, José Luiz da Silva, 54, e outros dois suspeitos foram presos no dia 16 de abril, logo após praticar um outro roubo contra uma joalheria no município de Xanxerê, em Santa Catarina.

Os três suspeitos presos foram reconhecidos pelas vítimas dos roubos realizados em Ponta Grossa. Assim, a polícia representou pela prisão preventiva, cujos mandados foram expedidos pela 2 Vara Criminal de Ponta Grossa.

Conforme apurou a polícia, José Luiz da Silva possui uma extensa ficha criminal, onde ele contabiliza crimes que vão de porte ilegal de arma de fogo, roubo e homicídio. Fábio Rovanir Francisco já respondeu por crimes de receptação e roubo, enquanto que Flávio Rocha também já foi autuado por tráfico de drogas. Além dos roubos, os suspeitos também vão responder pelo crime de associação criminosa.

A polícia informa que os trabalhos de investigação devem continuar para que outros possíveis suspeitos também possam ser identificados.

Ataque a Lotérica deu ruim!

Estão sendo cumpridos ainda mandados contra Daniel da Silva Costa, de 28 anos. Ele é um dos suspeitos de participar de um roubo contra uma lotérica no dia 14 de abril, no bairro Tatuquara, em Curitiba. Daniel, na companhia de Emerson de Souza dos Santos, de 22 anos, rendeu funcionários e clientes da lotérica, levando cerca de R$ 30 mil em dinheiro. Durante o roubo, um dos suspeitos deixou o aparelho de telefone em um balcão, o que facilitou a identificação de ambos.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Dívida milionária manda a leilão Santa Casa de Colombo

 

 

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas