Um advogado criminalista de 40 anos, identificado como Domingos Zanuncini Júnior, foi assassinado na manhã desta terça-feira (19) com disparos de arma de fogo. O crime aconteceu dentro do seu escritório de advocacia no bairro Pinheirinho, em Curitiba, por volta das 11h30. Um funcionário do local, de 59 anos, ainda não identificado, também foi morto.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Segundo testemunhas, um homem invadiu o imóvel carregando uma pistola nas mãos e, sem dizer nada, efetuou cerca de cinco disparos em direção às vítimas e fugiu. A princípio o crime teria sido motivado por uma comercialização de terrenos, decorrente do exercício profissional de Domingos. Ele advogava desde 2015.

+Leia também: Audiências do caso Daniel podem ser anuladas por ausência de advogado de réus

“Eu conhecia o ‘doutor’ e o funcionário, que trabalhava como caseiro, cuidando do local. Fiquei muito assustado porque sempre ia até o escritório bater um papo, ele era muito ‘gente boa’. Hoje até pensei em ir lá, mas me atrasei e acho que foi sorte”, contou um vizinho, que preferiu não se identificar.

Domingos deixou a esposa e um filho pequeno. A OAB Paraná emitiu uma nota e disse que acompanha as investigações de perto, em contato com a delegada responsável pelo caso, Camila Cecconello, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Advogado Domingos Zanuncinni Junior. Foto: Reprodução
Advogado Domingos Zanuncinni Júnior. Foto: Reprodução