O relator da medida provisória que aumenta para R$ 260 o valor do salário mínimo, deputado Rodrigo Maia (PFL-RJ), confirmou que deverá apresentar amanhã parecer propondo um aumento do mínimo para R$ 275, atendendo a uma tendência das lideranças do PFL e do PSDB.

Rodrigo Maia disse que a audiência pública na comissão mista do salário mínimo, prevista para amanhã, na qual serão ouvidos os ministros da Previdência, Amir Lando, e do Planejamento, Orçamento e Gestão, Guido Mantega, servirá para demonstrar que o valor de R$ 275 é viável.

Na Câmara, ainda não há acordo fechado sobre o valor do mínimo dentro do principal partido da base governista, o PT, que reuniu-se hoje e volta a fazer novo encontro na próxima terça-feira (18). O líder do partido, deputado Arlindo Chinaglia (SP), reafirmou que, se não houver sinalização, da parte do governo, de um valor maior para o mínimo, ?as bancadas do PT na Câmara e no Senado apoiarão o salário de R$ 260?. Ele lembrou que a matéria será fechada nas bancadas.