Cíciro Back / O Estado do Paraná
Osmar Bertoldi deve ser o candidato do PFL.

Enquanto a oposição representada pelo PMDB e PT articula o fechamento das alianças, o PFL está levando adiante a candidatura do vereador Osmar Bertoldi à Prefeitura de Curitiba.

Na manhã de hoje, Bertoldi participa com o prefeito Cassio Taniguchi da reunião estadual do partido com todos os pré-candidatos da Região Metropolitana de Curitiba, em São José dos Pinhais, e à noite, ocupará a maior parte dos vinte minutos do programa estadual do PFL, que será veiculado no horário eleitoral gratuito nas emissoras de rádio e televisão. Ele vai apresentar suas propostas administrativas para a cidade.

O PFL tem até o dia 30 de junho para confirmar a candidatura, mas para uma ala do partido que defende a coligação com o PSDB, esta decisão está tomada e a pré-candidatura de Bertoldi já passou do estágio de “balão de ensaio”, aparentando ser irreversível. “Existe vontade de se definir a candidatura única, mas já sentimos que o PFL em Curitiba não está disposto a abrir mão da candidatura própria”, avaliou o vice-presidente do partido no Estado, deputado estadual Durval Amaral (PFL).

Amaral disse que há pressão de candidatos a vereador para que o partido tenha nome próprio e descarta a tese de que o lançamento de Bertoldi faça parte de estratégia de pulverização de candidaturas aliadas à Prefeitura em benefício do tucano Beto Richa. Uma manobra apontada por petistas e peemedebistas, que não imaginam PSDB e PFL como adversários este ano.