Um compromisso do presidente estadual do PDT, senador Osmar Dias, em Brasília, acabou adiando a reunião do diretório do partido que estava prevista para ontem, quando o assunto em pauta seria justamente a campanha eleitoral, principalmente em Curitiba. A direção partidária decidiu transferir o encontro para o final de semana. Segundo o deputado Augustinho Zucchi, membro da executiva, a intenção é fazer uma avaliação geral do quadro sucessório, abrangendo capital e interior.

Segundo ele, há uma forte corrente apontando para uma coligação em Curitiba: “O próprio senador Osmar Dias deixou claro em reuniões anteriores que seria melhor para o PDT o lançamento de candidatura própria, desde que tivesse viabilidade. Até agora não se percebeu isso com os dois nomes lançados, o do deputado Neivo Beraldin e o do professor Kolb. De qualquer maneira, o assunto vai ser amplamente discutido pelo partido antes de qualquer decisão”.

Na opinião do deputado, a reunião adiada para o fim de semana ainda não definirá a questão, apenas intensificará os debates: “As convenções municipais só acontecem no mês que vem, portanto temos tempo para examinar o que é melhor para o PDT paranaense. Até porque são situações diferentes nos vários municípios”.

Zucchi concorda com Osmar em relação à importância da eleição na capital: “É indiscutível que, por sua repercussão, ela acaba refletindo no resto do Estado. Portanto é uma questão que deve ser analisada com cuidado e bom-senso”, ponderou.

Embora definindo a reunião partidária como um início de conversa, o senador Osmar Dias adiantou que está disposto a propor aos correligionários a coligação com outras siglas. Ele vem conversando principalmente com o presidente estadual do PSDB, vice-prefeito Beto Richa, pré-candidato à sucessão de Cássio Taniguchi (PFL). O que não exclui contatos com outras agremiações.

Na última pesquisa de intenção de votos realizada pelo Ibope na capital, apenas Neivo Beraldin foi citado, na sondagem estimulada, por 1% dos entrevistados. O desempenho do correligionário não entusiasmou o senador.