Foto: Agência Câmara

Luizinho: "problemão".

O deputado Professor Luizinho (PT-SP) diz que a sua absolvição, assim como a do deputado Roberto Brant (PFL-MG), pelo plenário da Câmara, ontem, fortaleceu a democracia. ?Mandei minha defesa para todos os deputados. Eles votaram conscientes de que não estou metido em irregularidades.?

Como o senhor viu a sua absolvição e a do deputado Roberto Brant?

No meu caso, foi feita justiça. Eu não peguei dinheiro de ninguém. Quanto à do Brant, acho que ajudou a fortalecer a democracia. A decisão do plenário foi um gesto para fortalecer a democracia. Brant é um homem honrado.

Para o senhor, o que é quebra de decoro parlamentar?

É o que desonra o mandato, um crime de homicídio, um roubo, um desvio do dinheiro público. Eu não cometi nada disso. Não desonrei meu mandato.

Como o senhor vê o futuro dos 9 outros acusados?

Acho que a situação deles ficou mais clara. A partir do meu e do julgamento do Brant, ficou claro que o plenário não vai atuar como tribunal de exceção, que vai evitar o linchamento dos deputados. Está provado que todos eles não sabiam da origem do dinheiro.

Qual o seu futuro? O senhor vai se candidatar?

Não me faça uma pergunta dessas. Eu acabei de me livrar de um problemão e você já vem querendo arrumar outro, só para me esculhambar.