O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, decidiu se filiar ao PMDB. A informação foi dada no início desta noite pela assessoria de imprensa do BC.

A decisão foi tomada hoje, após a reunião no fim da tarde entre Meirelles e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede provisória da Presidência da República em Brasília.

Segundo a assessoria de imprensa do BC, a ficha de filiação será assinada amanhã em Goiânia. O evento, ainda sem local definido, está marcado para as 11 horas.

À noite, o presidente da autoridade monetária viaja para Copenhague, na Dinamarca, para compor a comitiva brasileira na defesa da candidatura do Rio de Janeiro a sede das Olimpíadas de 2016.