O presidente Michel Temer afirmou nesta quinta-feira, 11, que não teve a oportunidade de assistir ao depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz federal Sérgio Moro e que limitou-se apenas a acompanhar o noticiário sobre o tema. No entanto, disse que não “era preciso fazer nenhuma agitação em torno dessa audiência”, ao lembrar que se tratava somente de uma coleta de depoimento.

A declaração foi dada em entrevista à TV Bandeirantes. Na ocasião, Temer disse que, na sua visão, a marca do povo brasileiro é a cordialidade, portanto, não pode haver “brasileiro contra brasileiro”. O ideal, para ele, é “brasileiro com brasileiro”. “Há uma raivosidade entre as pessoas, o que não é bom para o País”, afirmou. Ele considerou positivo que não tenha havido nenhum conflito durante o depoimento de Lula.