A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou nesta quarta-feira, 9, requerimentos para a convocação do presidente da Marfrig e do diretor financeiro da companhia. A companhia é uma das maiores concorrentes da JBS, uma das maiores doadoras de campanha nas últimas eleições.

A CPI também irá requer ao Governo do Estado de São Paulo, do Rio de Janeiro, do Distrito Federal, Minas Gerais e Bahia, cópia dos contratos e documentos referentes aos processos de licitação do projeto de expansão da rede metroviária das cidades desenvolvidos por meio de operações com o BNDES.

Os parlamentares convocarão ainda o presidente da LBR Lácteo Brasil, o diretor financeiro e do copresidente do Conselho de Administração da LBR Lácteo Brasil SA, Fersen Lambranho, além do ex-presidente do frigorífico Independência, Graciano Roberto Russo.

A CPI foi criada com o objetivo de investigar supostas irregularidades envolvendo o BNDES entre 2003 e 2015, relacionadas a empréstimos suspeitos.