Policiais militares e civis vão receber de R$ 500 a R$ 1.500 por armas ilegais apreendidas no Paraná. O decreto que estabelece a medida foi autorizado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), que regulamentou a lei 14.171/03.

As gratificações variam de acordo com a arma apreendida. Armas de fogo de uso permitido, de porte (revólveres ou pistolas) ou portáteis (espingardas e carabinas) dão direito à bonificação de R$ 500. Armas de porte de uso restrito dão direito a bônus de R$ 1 mil. E armas portáteis de uso restrito dão direito a R$ 1.500. Os valores extras deverão ser pago diretamente na folha salarial dos policiais.

LEIA+ Quatro morrem em acidente grave no Contorno Leste

A partir de 2021, os três batalhões da PM e as três delegacias da Polícia Civil que mais apreenderem armas também vão receber bônus vão receber cada um prêmio adicional de R$ 50 mil, que será repassado ao fundo rotativo.

Até o final desta semana, a Secretaria da Segurança Pública vai publicar resolução detalhando os critérios, documentação e trâmite para pagamento do benefício.