Londrina

? O desembargador Antônio Gomes, da 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça (TJ) do Paraná, negou ontem pedido de liminar solicitado pela Associação Paranaense de Auto Desenvolvimento Educacional, Social e Cultural de Londrina (Apadesc), que pretendia autorização judicial para que as vans associadas pudessem efetuar o transporte de passageiros.

A Apadesc ingressou no TJ com um agravo de instrumento, acompanhado de pedido de liminar, contra a decisão do juiz substituto da 4.ª Vara Cível de Londrina, Jurandir Reis Junior, que negou liminar na semana passada, na ação que em solicitava que a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), fosse impedida de multar os perueiros da Associação.