Moradores dos bairros Jardim Cristal e Vila Bonde, que vivem nas proximidades da BR-277, em São José dos Pinhais participaram ontem, no Departamento de Estradas de Rodagem (DER) de reunião com representantes do órgão público. Segundo a assessoria do DER, o encontro serviu para tranqüilizar os moradores com relação à construção de passarela para pedestres no km 71 da rodovia.

O DER encerra estudo sobre a viabilidade do projeto até o fim da próxima semana que, posteriormente, será repassado para a Concessionária Ecovia Caminhos do Mar, responsável pelo trecho de São José dos Pinhais. A concessionária vai construir a passarela. Cerca de cinco mil pessoas vivem na área e, somente nesse mês foram registrados nove atropelamentos no local. Na semana passada, uma das vítimas faleceu. As pessoas já estavam mobilizadas para construção da passarela no Carnaval, em fevereiro, quando a BR-277 foi fechada por duas horas no retorno das praias. Os protestos continuaram no mês passado, até a decisão ser tomada pelo DER em conjunto com a concessionária e representantes de bairros.

O governo, através da Secretaria de Transportes também esteve em reunião com o DER e a Ecovia, para estudar a construção de outra passarela, no km 66 da BR-277. Uma das formas de viabilizar essa obra seria a parceria entre a Ecovia, o Estado e a Prefeitura de São José dos Pinhais.