A maior cooperativa da América Latina, a Coamo, com sede em Campo Mourão, Noroeste do Paraná, cria mais um importante instrumento de atendimento aos seus mais de 17 mil cooperados. Formalizou ontem, com a Unimed de Campo Mourão, o Plano Unimed Rural.

Esse plano, criado e desenvolvido pela Unimed de Campo Mourão especialmente para a Coamo, visa dar cobertura médico-hospitalar a todos os seus cooperados distribuídos em 45 municípios nos estados do Paraná e Santa Catarina. Segundo o diretor-presidente da Coamo, o engenheiro agrônomo José Aroldo Gallassini, “a opção pela Unimed foi em primeiro lugar por se tratar de uma sociedade que está inserida no sistema cooperativista, pois é política da Coamo apoiar o sistema para que dentro de uma integração total possa mostrar efetivamente que o sistema cooperativista encontrará, cada vez mais, a sua sustentação dentro dele próprio, haja vista a abrangência das atividades que ele atua.” Outro fator que motivou a escolha pela Unimed, salientou o presidente da Coamo, “foi a capilaridade do sistema Unimed, que permite atender os seus cooperados em todo o País”.

Para o presidente da Unimed de Campo Mourão, médico Sérgio Eduardo Giroto, “ter a Coamo como cliente representa um enorme avanço, uma vez que é a maior cooperativa da América Latina, com mais de 17 mil cooperados e 3,2 mil funcionários”, concluiu. Segundo o diretor vice-presidente da Federação das Unimeds no Paraná, médico Nelson Couto de Rezende, que representou a federação no ato solene de assinatura dessa “nova parceria”, a escolha pelo sistema Unimed, por uma entidade do porte da Coamo, enseja uma reflexão mais objetiva. “Uma entidade de reconhecida capacidade operacional, com responsabilidades que transcendem os limites de suas atividades e com elevado nível de responsabilidade social, não colocaria em risco a saúde de seus cooperados.

” A opção pelo sistema Unimed traz em seu bojo o reconhecimento pela eficiência e segurança que são oferecidos aos colaboradores e cooperados, que a partir desse momento passam a condição de usuários de seus planos de saúde.”