O prefeito Luciano Ducci assinou na manhã desta quarta-feira (19) a ordem de serviço para início da maior obra de reforma e modernização da Rodoviária de Curitiba. “Nossa Rodoviária voltará a ser modelo em modernidade, operação e qualidade de atendimento aos usuários”, disse Ducci ao assinar o documento.

“Esta é uma obra cujo benefício vai além da Copa de 2014. Teremos uma Rodoviária moderna e de qualidade para atender os curitibanos e as pessoas que visitam, incluindo os turistas que vierem em função da Copa do Mundo”, acrescentou.

O presidente da Urbs, Marcos Isfer afirmou que a determinação do prefeito, o envolvimento de toda a equipe e o trabalho em parceria têm permitido à cidade contar com obras importantes como a de modernização da Rodoviária. “É mais uma obra voltada para os curitibanos e seus visitantes, uma melhoria importante para o desenvolvimento econômico e social de nossa cidade”, afirmou.
 
Obras

A reforma e revitalização da Rodoviária serão iniciadas na próxima semana. As obras, no valor de R$ 34.478.403,24 ficarão a cargo da Sial Construções Civis Ltda. O projeto original da Rodoviária, do arquiteto Rubens Meister será preservado.

A reforma do terminal, inaugurado em novembro de 1972, há 40 anos, inclui novos sanitários, nova área de embarque, praça de alimentação climatizada, restaurante, novos estacionamentos, salas de espera climatizadas, adequação do sistema viário do entorno, elevadores, escadas rolantes e nova passarela com plataforma elevatória para uso de pessoas com deficiência.
 
Também será feita revitalização do paisagismo; reforma de instalações elétrica e hidráulica, modernização tecnológica do sistema de controle e operação do terminal, nova comunicação visual e ampliação do monitoramento de segurança.
Entre as obras também está prevista a implantação de área exclusiva de desembarque, com 10 novas plataformas; e faixa de acumulação com 300 metros de extensão para estacionamento dos ônibus. A faixa existente hoje tem 30 metros de extensão.