enkontra.com
Fechar busca

Paraná

Mais caro!

Aumento do pedágio no Paraná será definido na próxima semana

Reunião marcada para o dia 10 na Agepar será decisiva para indicar quando as tarifas serão reajustada e qual será o porcentual a ser aplicado

  • Por Katia Brembatti - Gazeta do Povo
Foto: Antônio More/Gazeta do Povo

Na tarde do dia 10 de dezembro, na Agência Reguladora de Serviços Delegados do Paraná (Agepar), serão definidos os porcentuais do reajuste anual das tarifas de pedágio do Anel de Integração. Por contrato, os preços são atualizados no dia 1º de dezembro, mas uma série de complicações atrasou a aplicação da reposição inflacionária.

+ Leia mais: Tradição a cada ano, governo tenta barrar reajuste do pedágio no Paraná

As concessionárias protocolaram o pedido de reajuste no dia 27 de novembro, motivadas pelo atraso na divulgação dos índices da Fundação Getulio Vargas (FGV), usados na fórmula específica para o cálculo da recomposição inflacionária, que usa indicadores do setor rodoviário. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR) tem até cinco dias úteis para analisar os pedidos e conferir se os números estão corretos. De acordo com o DER-PR, a documentação de quatro concessionárias foi enviada à Agepar na terça-feira (4).

Leia mais: Cobrança de pedágio em todo o Paraná vira alvo do MP

Outro fator também interferiu na demora: o governo estadual tentou conseguir na Justiça uma autorização para não aplicar o reajuste anual, alegando que as empresas são investigadas na operação Lava Jato e já há indícios de que aumentos de tarifas, além do reajuste anual, foram combinados em um grande esquema de corrupção. O pedido de liminar foi negado, apontando que a recomposição anual não está atrelada à investigação, que está sendo travada em outra esfera judicial.

Leia mais: Surdo-mudo tenta assaltar posto com bilhete na mão. “Isso é um assalto”!

Ainda não se sabe quais são os porcentuais a serem aplicados nem quando os valores serão modificados. Também não há definição se o atraso de mais de dez dias terá alguma consequência futura, como pedidos de reposição – assim como já aconteceu no passado. Por enquanto, os valores cobrados nas 27 praças de pedágio continuam os mesmos praticados durante o ano. Confira aqui no simulador de preços praticados no Paraná.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Bandidos armados invadem banco, fazem gerente refém e trocam tiros com a polícia

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas