O Congresso de El Salvador condenou nesta segunda-feira o que chamou de “tentativa de golpe” do presidente do país, Nayib Bukele. No domingo, ele invadiu a sede do Parlamento cercado por soldados e deu um ultimato para que os deputados aprovem um empréstimo de US$ 109 milhões para um plano de segurança pública. Bukele deu prazo de uma semana para aprovação do empréstimo. “Vamos dar uma semana para esses sem-vergonha”, declarou Bukele no domingo, em referência aos deputados. (Com agências internacionais).

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.