La Paz – Uma mulher assumiu nesta sexta-feira (11) o comando de um regimento de infantaria do Exército, pela segunda vez na história militar da Bolívia.

A tenente-coronel Narda Martínez assumiu o comando do regimento de infantaria 3, "Pérez", substituindo o tenente-coronel Wilson Galíndo Soliz, em cumprimento à ordem geral de destinos de 2008.

Narda ingressou no Colégio Militar em 1980 e se graduou sub-tenente em 1984, junto a cerca de vinte outras cadetes. "Martinez marcará um na história desta guarnição militar", disse Galindo, ao lhe entregar o comando.

O exército boliviano tem, atualmente, 40 oficiais mulheres e há uma centena em formação no Colégio Militar. A Força Aérea, por sua vez, graduou recentemente sua primeira turma de mulheres com formação técnica. Só na Marinha não há mulheres.

A primeira mulher que assumiu o comando de uma unidade militar foi a também tenente-coronel Gina Reque Terán, em 2004, no regimento de infantaria 19, "Capitán Victor Ustariz", em Cochabamba.