Milhares de simpatizantes da oposição de etnia albanesa realizaram um protesto pedindo a renúncia do governo do Kosovo. Os opositores argumentam que o poder executivo violou a Constituição do país, ao fechar acordos com a Sérvia e com Montenegro no ano passado.

Após um início pacífico, os opositores começaram a atirar coquetéis Molotov e outros objetos contra a sede do governo, na capital Pristina. A polícia respondeu com gás lacrimogêneo para dispersar a multidão.

Em dezembro, o Tribunal Constitucional de Kosovo decidiu que parte de um acordo entre o país e a Sérvia, que daria mais poderes à etnia sérvia no Kosovo, não estava em linha com a Constituição do país. A oposição também se opôs à demarcação das fronteiras com a vizinha Montenegro. Kosovo declarou independência da Sérvia em 2008, um ato que a Sérvia ainda não reconhece. Fonte: Associated Press