Pelo menos 30 supostos rebeldes e dois soldados paquistaneses morreram em confrontos hoje em uma área próxima da fronteira com o Afeganistão. O confronto começou quando rebeldes atacaram uma base do Exército próxima de Razmak, região tribal autônoma de Waziristão do Sul, onde é forte o apoio à milícia fundamentalista islâmica Taleban. Em meio à troca de tiros, soldados paquistaneses requisitaram o apoio de helicópteros.

O general Waheed Arshad, porta-voz do Exército, disse que pelo menos oito soldados ficaram feridos. A notícia veio à tona em um dia no qual o subsecretário de Defesa dos Estados Unidos, John D. Negroponte, esteve em Islamabad para reunir-se com o presidente do Paquistão, general Pervez Musharraf.