A explosão de uma bomba matou 28 pessoas numa mesquita sunita na região central do Iraque, atingindo fiéis que saíam do local após as orações de sexta-feira. O ataque em Baquba acontece após dois dias de ataques, muitos em distritos xiitas, que deixaram mais de 50 mortos.

Os ataques contra mesquitas sunitas também têm aumentado ultimamente, elevando temores de que o país está entrando numa nova rodada de violência sectária.

Horas mais tarde, sete pessoas morreram e 11 ficaram feridas quando uma bomba explodiu durante um funeral ao sul de Bagdá, informou a polícia.

Dois funcionários da área médica confirmaram o número de vítimas. Embora a violência tenha diminuído no Iraque, ataques insurgentes continuam frequentes no país. As informações são da Associated Press.