Pedaços do avião que
transportava Martinez.

A Força Aérea Brasileira (FAB) negou que os corpos de três das quatro vítimas do acidente com o avião que transportava o deputado Luiz Carlos Martinez tenham sido resgatados. A informação foi divulgada na tarde de hoje, mas desmentida há pouco pela FAB, que diz que o resgate só acontecerá nesta terça-feira.

No início da tarde, oito homens começaram a fazer o resgate dos corpos de Martinez, dos amigos dele, João Luiz Goebel e André Surugi, e do piloto Cláudio da Luz. O avião monomotor em que eles viajavam caiu na Serra do Mar, no sábado, entre os morros do Rolado e Agudinho, em Guaratuba. As comunicações para o local só são possíveis por rádio apesar da melhora do tempo nesta tarde.

O Comando Militar da Aeronáutica informou que quatro dos 14 homens que estão trabalhando no resgate das vítimas do acidente passarão a noite no local. Eles levaram pás, enxadas e um gerador de energia já prevendo que o trabalho se estenderia por toda a noite. Se as condições de tempo forem favoráveis a previsão é de que as quatro vítimas sejam resgatadas até amanhã à tarde. Uma das principais dificuldades está sendo retirar parte do avião que ficou enterrada.

(Leia mais na edição de amanhã de O Estado do Paraná)