O ministro das Finanças da Grécia, Yanis Varoufakis, disse nesta segunda-feira que vai renunciar ao cargo para ajudar o país a chegar a um acordo de resgate com os credores após a vitória do “não” no plebiscito de domingo.

“Logo depois do anúncio do resultado do plebiscito, fui alertado de uma certa ‘preferência’ por parte de alguns participantes do Eurogrupo (…) pela minha ‘ausência’ das reuniões, uma ideia que o primeiro-ministro julgou ser potencialmente favorável a ele na busca por um acordo. Por esta razão, estou deixando o Ministério das Finanças hoje”, afirmou Varoufakis em um comunicado. Fonte: Dow Jones Newswires