O petróleo fechou em alta, ontem, em Nova York, sustentado por um relatório do Departamento americano de Energia (DoE) que tranqüilizou os investidores porque aumenta a previsão de demanda para 2006.

No New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do tipo ?light sweet? para entrega em novembro ganhou 59 centavos, cotado a US$ 64,12 dólares . ?Acredito que as pessoas começam a se dar conta de que a destruição da demanda decorrente dos furacões será um fenômeno temporário e que veremos uma recuperação da demanda no início do próximo ano?, disse Phil Flynn, analista da Alaron Energies. De acordo com as últimas previsões da Agência americana de Energia (EIA, por suas siglas em inglês), ligada ao DoE, a demanda americana cairá 0,9% em 2005, mas subirá 2,2% em 2006, para 21 milhões de barris diários.