enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Aparências enganam!

Posts nas redes sociais ‘deduram’ quem diz não ter grana para pagar pensão

  • Por Lucas Sarzi
Justiça está de olho em quem reclama de pensão, mas ostenta nas redes sociais. Foto: Pixabay

Você já parou para pensar o quanto suas publicações nas redes sociais podem acabar te prejudicando? Pois saiba que sim. Já noticiamos casos de postagens que acabaram em demissões, mas outro tipo de preocupação também deve ser tomada: por quem tem o compromisso de pagar pensão, diz que não tem grana, mas acaba ostentando no Instagram, Facebook e por aí vai.

Segundo o advogado Ricardo Calderón, especialista nos processos de família, em muitos casos judiciais têm sido utilizadas postagens de quem diz não poder pagar pensão.

“O juiz tem a dificuldade de perceber a realidade quando as partes não falam a verdade. Por isso, o poder judiciário vem aceitando informações da internet, algo que demonstre a comprovação de certo padrão de vida das pessoas”, explicou.

Em época de crise, muita gente acaba ficando sem emprego e isso é um fato. Junto disso, muitas pessoas acabam também trabalhando de maneira informal e aí, na hora de informar à Justiça quanto ganha, acaba não entrando em detalhes. “Muitas vezes na dificuldade, com renda incerta, acabam por não apresentar sua realidade econômica, tentando ocultar a real situação financeira. Isso tem se percebido em alguns processos e a Justiça tem utilizado algumas das ferramentas, entre elas as redes sociais, para apurar a realidade”.

Conforme o advogado, o ideal não é nem “cuidar com o que posta” nas redes sociais. “Mas sim que as pessoas informem o padrão de vida correto. Que sejam claras e que passem informações verídicas para que seja apurado com a maior proximidade da realidade”, alertou Ricardo Calderón.

Como a maioria dos processos judiciais envolvendo pensão correm em segredo de Justiça, o advogado não pode expor situações em que o juiz aceitou uma prova produzida por redes sociais. De qualquer forma, Ricardo Calderón reforçou o alerta. “Saibam que as informações de redes sociais podem ser usadas em processos, por isso também é importante ter cautela”.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

Obras da Linha Verde estão paradas? Entenda por que isso está acontecendo!

 

 

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

6 Comentários em "Posts nas redes sociais ‘deduram’ quem diz não ter grana para pagar pensão"


Paranito PentaCampeão
Paranito PentaCampeão
3 dias 21 horas atrás

Q reportagem +dio_ta, cara. Ta dando o caminho das pedras pra vaga-bun_do ficar ligado é?? Pai q é Pai como eu fui,nem precisou po_ha de juiz nenhum arbitrar, meu filho foi e vai ser meu filho até meu fim da vida, banquei tudo e hj ele ganha +do q eu. E se precisar eu ajudo mais. Isso é ser homem!

REINALDO  .
REINALDO .
4 dias 33 minutos atrás

Esse cafagestes, na hora de fazer, sabe, na hora de assumir, some, na vida tem o retorno, se fizesse o mesmo com a irmã dele, será que gostaria.

Blazy  of Glory
Blazy of Glory
4 dias 3 horas atrás

pai de verdade não precisa pagar oque o juiz arbitra e sim o que ele realmente planeja para o futuro do seu filho….lá na frente o piazinho vai crescer e saber os dois lados….

Jalim Rabei
Jalim Rabei
4 dias 5 horas atrás

Rede social é coisa pra mané. Verdadeira rede social é o encontro com as pessoas.

Oscar Aglio
Oscar Aglio
4 dias 6 horas atrás

Essa é velha. A Justiça já tem suspendido CNH e Passaporte de devedores contumazes. Os endinheirados que gostam de viajar para NY e Paris, correm acertar rapidinho suas pendências, porque senão bye-bye trip…

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas